O marketing de permissão é uma abordagem que requer consentimento explícito de um usuário para iniciar a comunicação. Pela primeira vez, esse conceito apareceu em um livro de mesmo nome de Seth Godin em 1999. O marketing de permissão ainda é relevante hoje em dia já que os usuários estão sendo bombardeados com milhões de anúncios invasivos online.

Quando você pede permissão para se comunicar com os usuários, deveria soar como "Ei, ouvi dizer que você teve um problema. Você gostaria que eu o ajudasse a resolver?

O marketing de permissão é uma alternativa ao marketing de interrupção - um modelo desatualizado que funciona com base nas táticas de “borrifar e rezar”, espalhando informações sobre uma multidão de pessoas na esperança de que alguém responda.

A lei exige a permissão dos usuários no marketing por email, SMS e Facebook Messenger, portanto, não seguir esses princípios prejudicará a reputação da sua empresa.

Fique à vontade para conferir o vídeo, que ilustra as três grandes ideias do livro de Seth Godin.

Benefícios do Marketing de Permissão

  • Permite fazer o primeiro contato com um público mais engajado
  • Reduz seus gastos
  • Aumenta a precisão para seus esforços de marketing
  • Ajuda a criar lealdade e reputação
  • Permite fazer o primeiro contato com um público mais engajado. Os usuários que deram permissão são leads quentes, que são mais fáceis de converter e construir um relacionamento. É assim que você pode filtrar seu público.
  • Reduz seus gastos. Colocar o seu negócio a frente de todos os outros exige mais tempo, dinheiro e esforços para filtrar os leads em meio a uma multidão de pessoas desinteressadas. É por isso que o marketing de permissão anda de mãos dadas à segmentação.
  • Aumenta a precisão para seus esforços de marketing. É inteligente promover a nutrição esportiva para as pessoas que frequentam a academia. Se você exibir esses produtos para artistas, mecânicos, proprietários de automóveis, professores, é provável que eles não precisem desta nutrição esportiva no momento. Os princípios do marketing de permissão ajudam a gerar leads com uma maior precisão.
  • Ajuda a criar lealdade e reputação. Pedir permissão é um sinal de respeito aos usuários, portanto, eles provavelmente confiarão na sua marca e permanecerão com você em todas as etapas da jornada do cliente.

Marketing de Interrupção vs Marketing de Permissão

Esses são dois princípios antecipadores dos negócios.

Marketing de interrupção é qualquer mensagem de marketing que os usuários não pediram para receber. Entre os exemplos estão anúncios de TV e rádio, outdoors, pop-ups no navegador e aqueles anúncios irritantes no YouTube, que perturbam as atividades dos usuários.

Essa abordagem de interrupção é uma maneira rápida de aumentar as vendas, mas tem seu lado negativo. Seus anúncios agressivos podem incomodar até o seu público-alvo, em vez de chamar a atenção deles para o valor que sua marca poderia trazer.

O marketing de permissão, por sua vez, é uma abordagem que tende a respeitar a privacidade das pessoas, sendo mais amigável e menos agressiva. Sendo estranho pedir permissão para vender, a ênfase deste tipo de marketing está em fornecer ajuda e valor.

Exemplos de Marketing de Permissão

  • Email marketing
  • Chatbot Marketing
  • SMS marketing
  • Notificações por Web Push

Email marketing

A lei CAN-SPAM nos Estados Unidos e outras leis exigem a permissão opt-in dos usuários. A aceitação dupla (ou double opt-in) é a abordagem mais segura, pois confirma sua assinatura, garantindo que as empresas enviem e-mails para pessoas reais e engajadas.

Chatbot Marketing

Você pode criar um chatbot para automatizar o trabalho em alguns estágios do ciclo de vendas. No chatbot marketing, você não pode enviar mensagens, a menos que esta pessoa tenha dado permissão. Para iniciar a comunicação, o usuário precisa clicar no botão "Enviar mensagem" na página do Facebook e depois "Começar" no bate-papo.

SMS marketing

Assim como o e-mail marketing, este canal requer o consentimento do utilizador para o envio de mensagens de texto curtas, o que é chamado de SMS opt-in.

Notificações por Web Push

Os profissionais de marketing enviam notificações por web push para compartilhar notícias e atualizações instantaneamente, mas, assim como os outros exemplos, não se pode enviar essas mensagens, a menos que os usuários permitam.

Melhores práticas de marketing de permissão

  1. Diga aos usuários como iniciar e parar a comunicação
  2. Estabeleça expectativas
  3. Permita que os usuários gerenciem suas preferências
  4. Personalize ao máximo
  • Diga aos usuários como iniciar e parar a comunicação. Deixe claro e consentido que, caso o usuário não esteja mais interessado nas informações que você compartilha, torne fácil e intuitivo o descadastramento. Confira alguns exemplos, bons e ruins, de links para cancelamento de inscrição de e-mails aqui.
  • Estabeleça expectativas. Informe aos usuários com que frequência você entrará em contato com eles e quais tópicos serão abordados, para que fique claro se seus serviços são relevantes para eles.
  • Permita que os usuários gerenciem suas preferências. Se o usuário se sentir sobrecarregado com a frequência das mensagens, o permita alterar as suas preferências. Tratar os usuários com respeito é uma maneira de construir relacionamentos confiáveis ​​e mantê-los longe das experiências negativas, que, consequentemente podem resultar em cancelamento de inscrição.
  • Personalize ao máximo. Peça aos usuários que compartilhem seus dados com você em qualquer estágio do ciclo de vendas. Isso ajudará a criar uma experiência perfeita e manter seus clientes fiéis.

Leia este artigo do blog para obter mais práticas recomendadas em relação ao e-mail marketing com permissão.

Pesquisado também com
Rate this article about "Marketing de permissão"

User Rating: 5 / 5 (1)

Teste o SendPulse hoje gratuitamente

Se você tiver interesse em "Marketing de permissão" , talvez você também se interesse pelo nosso serviço de envio de e-mails em massa.