Qual a definição de marketing de resposta direta?

e-mail marketingMarketing DigitalMarketing Direto

O marketing de resposta direta é uma ação com o intuito de estimular o público a uma tomada de decisão imediata. A estratégia proporciona ótimos resultados para a empresa, uma vez que lida com um público segmentado. Além disso, garante vantagem quanto a mensuração de resultado e queda de custos. O bom do marketing é poder ter em mãos diversas ferramentas para alcançar os objetivos da empresa. 

É importante sempre estar atento às estratégias para poder colocar em prática junto ao seu departamento de marketing. Podendo assim ter variações efetivas e diversas possibilidades de conquistar o seu público. Apesar dessa ferramenta não ser recente no mercado, pode promover bons cases de sucesso.

Vamos conhecer um pouco mais sobre o tema? Acompanhe!

marketing direto

O que é marketing de resposta direta?

Não há muito segredo para definir essa ação estratégica. O próprio nome já nos induz ao conceito da ação, é uma comunicação direta com a finalidade do cliente tomar uma decisão imediata.

A ideia surgiu há muito tempo e quando pensamos na estratégia, geralmente, atrelamos a mala direta e telemarketing ativo. É certo que essas técnicas possuem o seu valor dentro do marketing. Mas quando pensamos no cenário atual, com a imersão da tecnologia, o conceito ganha novos formatos.

Como colocado, a comunicação deve provocar uma decisão, no entanto, não necessariamente a compra de um produto. Você precisa direcionar o seu cliente pelo menos para um nível mais baixo do funil de vendas. A decisão pode ser inscrever-se em um evento, deixar o e-mail ou assinatura de uma newsletter. Os nossos conhecidos CTAs (Call to Action).

Ações que levam cada vez mais o lead do topo do funil para a compra de seu produto.

Para ser efetiva, a ação de marketing de resposta precisa chamar a atenção de seu cliente. Somente assim, conseguirá conduzi-lo a realizar a ação desejada. Você como profissional de marketing precisa acostumar o seu cliente a dizer sim!

O importante é empenhar o seu trabalho e garantir que o cliente tenha uma resposta imediata a sua campanha.

Como surgiu?

Essa técnica de marketing surgiu há muitos anos como mala-direta na Europa. É óbvio que naquela época não tinha esse nome e nem o conceito. Mas os estudos demonstram como surgiu o processo.

Gutemberg foi o inventor do tipógrafo e tornou possível a criação de materiais gráficos ou impressos. Desta forma, os produtores poderiam atrair os seus clientes e vender os seus produtos. Iniciando assim, o conceito e a ideia de catálogos. Esse material foi usado tanto por jardineiros, como por vendedores de livros.

Posteriormente, os catálogos foram substituídos por cartas, ação que chamamos hoje de mala-direta. 

Com o avanço da tecnologia, as ações foram adaptadas, mas não totalmente esquecidas. Ao invés de cartas, hoje temos o e-mail marketing, por exemplo. Ou seja, os processos ganharam novos formatos e meios.

O ambiente digital nos favorece quando podemos mensurar as ações de nossos clientes, assim como armazenar informações importantes. Tornando o marketing direto mais efetivo, pois podemos direcionar a mensagem apropriada e na hora certa.

Marketing de resposta direta

Marketing de resposta direta X Branding

Antes de qualquer comparação entre as técnicas de marketing, vale ressaltar que todas são importantes. Elas devem ser utilizadas adequadamente de acordo com os objetivos e metas estabelecidas no planejamento.

O branding é uma estratégia muito utilizada quando busca a proximidade com o seu público. As ações realizadas com a publicidade criam e consolidam a imagem pretendida na mente dos consumidores. Com os valores e missão transmitidos, faz com que o público priorize seus produtos no momento da decisão de compra.

Podemos ver como exemplo as grandes marcas Coca-Cola, Apple e McDonald’s.

Já o Marketing de resposta direta é usado muito mais por empresas de pequeno e médio porte. Isso porque essas empresas buscam e precisam de resultados imediatos. Por esta razão, a construção da imagem fica um pouco em segundo plano. Focando assim em campanhas com efeito instantâneo.

Podemos perceber um certo distanciamento do Marketing de Conteúdo tão valorizado no Marketing Digital. Com ações e projetos que buscam a um longo prazo criar identidade e agregar valor à imagem da empresa. Por meio da disseminação de conteúdos relevantes, constrói o seu relacionamento e se aproxima do cliente.

Todas as ações são importantes, dependente apenas da dinâmica da empresa e do objetivo pretendido. O Marketing Direto possui grandes vantagens, que analisaremos a seguir.

Grandes exemplos de Marketing Direto

No entanto, antes de levantar os principais aspectos do porquê investir em marketing direto, vamos a alguns cases de sucesso. Não são apenas empresas de pequeno e médio porte que se utilizam da ferramenta. Há grandes empresas que nos ensinam como trabalhar de forma correta com o conceito.

  • Empresas de cosméticos – catálogo

Os grandes nomes da indústria de cosméticos utilizam e comprovam que a estratégia pode gerar bons lucros. Avon, Natura, Mary Kay entre outras realizam campanhas de marketing direto por meio dos catálogos.

A revendedora entrega o catálogo e a cliente pode escolher rapidamente os produtos que deseja.

  • Fast-food

As grandes redes de fast-food investem consideravelmente em campanhas de marketing direto. É muito provável que você já tenha recebido um cupom de desconto. Ou por meio de pequenas cartelas promocionais ou por oferta via QR Code.

Independente da forma, os descontos atraem instantaneamente os clientes, que realizam suas compras. Ainda há possibilidade de repassar os cupons para outras pessoas, o que faz o leque de clientes aumentar.

  • Domino’s

Conhece essa rede de pizzaria? Pois bem, ela também investe pesado em marketing direito. Seja por meio de cupom de desconto a clientes que há um tempo estão longe da marca. Ou com campanhas via e-mail marketing

A proposta é incentivar os clientes a voltarem a realizar seus pedidos na pizzaria e aumentar a confiança com público.

  • Outback

O Outback é outra empresa que valoriza muito o marketing de resposta direta. Há um bom investimento em e-mail marketing com anúncios e firmando sua confiança com o cliente. Como também campanhas de desconto ou presenteando com algum item do cardápio na compra de outro.

mareting de resposta direta

Quais as vantagens de investir na ação?

Se formos pensar bem, o marketing de resposta é muito bem visto entre as empresas. Isso porque ao segmentar o público e direcionar a mensagem, evita desperdício de custos ou investimentos altos.

Gerando bons resultados para a empresa, pois a taxa de conversão é alta. 

No entanto, esta não é a única vantagem dessa técnica. Também apresentamos como bons resultados:

  • A facilidade para mensurar as métricas;
  • Possibilidade de identificar a forma mais efetiva, condições e canais que geram melhor resultado;
  • Segmentação e qualificação dos leads, de acordo com a ação do CTA (Call to Action);
  • Obtenção de dados de possíveis clientes;
  • Incentivo a compra de produtos.

Conclusão

O marketing de resposta direta é uma das estratégias valorizadas pelas empresas por seu direcionamento preciso. A possibilidade de mensurar resultados e conduzir a mensagem de forma mais assertiva garante o sucesso da ação. No marketing digital, ele possui um valor especial, transformando as antigas malas-direta e ligações em boas técnicas.

É essencial colocar as ações em pautas focando sempre nos objetivos e metas de seu plano de marketing.

Pensado em segmentação, nós temos um recurso essencial para o seu trabalho. Você já testou a nossa ferramenta de e-mail marketing? Ainda não? Então, não perca mais tempo e faça seu teste grátis agora!

[Total: 0    Average: 0/5]

7500 e-mails gratuitos todos os meses.