Marketing Digital

Dropshipping – O que é e porque tem pessoas ficando ricas com esse modelo de negócio

Leitura de 4 min

Dropshipping – O que é e porque tem pessoas ficando ricas com esse modelo de negócio

É bem provável que se você clicou para ler esse texto, você não conheça esse modelo de negócio chamado dropshipping, que vem botando muito dinheiro no bolso das pessoas. Então, leia, anote e coloque em prática caso pense em ganhar dinheiro pela internet.

O que é dropshipping?

O termo dropshipping nasceu da junção de 2 palavras, drop que significa largar e shipping que pode ser traduzida como remessa. Por isso, esse modelo de negócio quer dizer, deixar a entrega e o estoque dos produtos por parte de outra empresa.

O seu processo é simples, uma loja virtual faz uma venda e envia a ordem de transação para fornecedor parceiro. Ele será o responsável por enviar o item para o cliente em nome da loja, que por sua vez, tem lucro na diferença do valor sobrado ao cliente final com o valor pago ao fornecedor.

Muita gente acha o dropshipping é novo porque nunca ouviu falar nele, mas não é bem assim. Alguns canais de TV usam essa estratégia a certo tempo, oferecendo produtos em sua programação que eram vendidos por telefone, mas entregues por um outro fornecedor.

dropshipping entrega

Principais vantagens para trabalhar com dropshipping

Baixo custo de investimento

O fato de não precisar lidar com estoque, diminui bastante os custos com uma loja virtual, sem gastar com armazenamento, envio e embalagem, é possível iniciar gastar muito pouco. Muitas pessoas iniciam suas lojas investindo somente R$100 por mês, mas pode-se dizer que o maior recurso a ser investido é o tempo, pois algumas tarefas como escolha do nicho, fornecedores e produtos podem demorar bastante.

Flexibilidade

É um modelo de negócio que não exige presença física, ou seja, você escolhe de onde trabalhar. Além disso, permite que decisões rápidas sejam tomadas com pouco riscos, ou seja, você poderá vender um produto, caso não tenha aceitação do seu público, basta para de exibi-lo a sua loja, se fosse em uma loja virtual com estoque próprio, com certeza você teria um grande prejuízo.

Fácil de iniciar

Deixando claro, é fácil quando se encontra bons fornecedores e tem um nicho claro de atuação. Quando isso acontece, os seus esforços serão focados apenas na construção de uma boa loja, com reputação e fazer um bom marketing.

Diversidade de produtos

Se o dono da loja virtual tivesse lidando com a manuseio do produto, ele teria dificuldades de custo e logística para ter uma diversidade de produtos. Porém, como o dropshipping tem a vantagem de não precisar de estoque próprio, é possível ter diversos produtos diferentes em uma loja em questão de minutos.

Escalabilidade

Assim como qualquer negócio online, a chance de escalabilidade é bem maior que em uma loja física. Mas com o dropshipping, é ainda maior porque com custos menores, você pode ter um investimento maior em marketing e tráfego para atingir mais pessoas.

analisando dados de dropshipping

Saiba como montar uma loja dropshipping

Sabendo de todas as vantagens do dropshipping, você deve estar curioso pra saber como montar uma loja e ter grandes resultados. Principalmente saber onde e como vender produtos que não estão com você.

Mas antes de se preocupar com o que vender, você precisa pensar na criação de um lugar seguro e confiável para expor sua loja, afinal, sem uma boa credibilidade não existe venda. Você pode contratar um programador para fazer uma ótima loja para você, mas se inicialmente esse investimento for alto, você pode ter uma loja com um preço bem acessível em plataformas como o Shopify, por exemplo.

6 passos para abrir a sua loja

#1. Encontre um nicho

Não esteja focado na escolha dos produtos, antes disso, você deve se preocupar com o nicho, é preciso saber se o produto que você tem em mente para vender, será bem aceito por um público-alvo.

Então, é preciso pesquisar bastante pela internet, principalmente em sites de buscas de palavras-chave, dessa forma você consegue saber se um produto é bem procurado ou desejado por muitas pessoas. Isso será um indicativo importante para ter uma direção para quem vender.

#2. Busque um bom fornecedor

O seu fornecedor será fundamental para que sua loja tenha um bom faturamento, existem alguns portais que possibilitam isso, como eBay, Aliexpress e Amazon. Você precisa focar em empresas já experientes e com boa reputação para ser suas parceiras, assim, você evita possíveis transtornos e consegue boas margens de lucro.

#3. Registre um domínio

Agora que você sabe o que vender e para quem vender, encontra um bom nome para sua loja é fundamental. Escolha um bom nome, que identifique logo de cara o que se vende na sua loja, compre um bom domínio e comece a inserir os produtos nela..

#4. Busque um provedor para sua loja virtual

Como falamos anteriormente, inicialmente você não precisará de um programador, mas será preciso contratar um provedor de qualidade para a sua loja virtual. Além do Shopify, que indicamos anteriormente, existem outras empresas como o Uol Host.

O pagamento é mensal e você pode mudar todo o design para deixar a sua loja com a sua cara, tornando-a atraente, chamativa e confiável.

fechando parceria com dropshipping

#5. Adicione os produtos

Estamos quase chegando à finalização de uma loja virtual dropshipping, após sua loja estar devidamente configurada, faça o upload dos produtos para dentro dela. Não se esqueça da configuração de preço e valor de frete, pense também nas fotos que você irá exibir, é preciso que as mesmas tenham alta definição.

Entender bem quem é o sue púbico vai te ajudar a saber quais produtos oferecer e como oferecer. Pense que essa etapa é uma das mais fundamentais, afinal, sem bons produtos não há venda.

#6. Marketing

Na última etapa para abrir uma loja e vender muito com dropshipping, temos que destacar o marketing. Sem um plano de marketing onde você saberá como divulgar seus produtos, fica difícil de alcançar bons resultados.

A vantagem é que pela internet, existem muitas opções, como divulgar por meio das redes sociais, anúncios pagos, Google e outras plataformas. Pense no orçamento que será dedicado para essa parte e direcione tempo suficiente para que a sua loja atinja o máximo de pessoa dentro do seu nicho.

O que achou desse modelo de negócio? Acha que ele se encaixa com o que você pensa sobre empreendedorismo? Escreva um comentário a aqui.

Data da publicação:

26 ago. 2019

Posts by category