Use a segmentação da lista de e-mail para aumentar suas vendas

e-maile-mail marketinglista de e-mailsegmentação de e-mail

Desde o início da sua existência, o e-mail marketing vem se tornando cada vez mais refinado. Mesmo se você enviar newsletters em massa aos assinantes, você ainda pode se certificar com que eles sintam que estão sendo tratados de forma individual. Infelizmente, nem todas as marcas são reorientadas para as novas realidades e, em vez disso, usam formas de comunicação de dez anos atrás.

O serviço pessoal é aparente nos serviços de assinatura do mundo ocidental, como a Birchbox, que entrega cosméticos escolhidos pessoalmente diretamente às casas dos seus clientes.

1

Neste artigo, falaremos sobre newsletters direcionados.

A relevância em primeiro lugar

O e-mail é um canal exclusivo de comunicação. Ao contrário de outros canais, ele é baseado na autorização dos assinantes de e-mail. Eles permitem que você entre em contato e que deseje receber informações valiosas. Não confunda: o valor não está em algo que você pode oferecer, mas no que o assinante quer ouvir. Para tornar o seu e-mail o mais relevante possível, você precisa dividir sua lista de assinantes em segmentos.

Como segmentar listas de e-mail?

Existem diferentes variantes de segmentação, mas analisaremos o mais efetivo.

  • Por sexo

Um dos tipos mais comuns de segmentação demográfica é a segmentação de gênero. A primeira e mais óbvia maneira é dividir sua lista e enviar newsletters com mercadorias masculinas e femininas separadamente.

Esta abordagem pode ser ampliada para analisar a questão da perspectiva de como as mulheres e os homens se aproximam do processo de compras.

2

A Econsultancy realizou pesquisas sobre os problemas com os quais os clientes se deparam. Descobriu-se que um problema fundamental para as mulheres é a falta de assistência dos consultores, e para os homens é a dificuldade em encontrar estacionamento perto da saída. Pode-se concluir que, para as mulheres, a qualidade do serviço ao cliente é o mais importante no processo de compras, mas para os homens, o objetivo final é a compra. Quanto aos newsletters, torná-los lacônicos para homens, e com orientação no atendimento ao cliente para mulheres é a recomendação.

Aqui está um bom exemplo de dois newsletters do segmento de cosméticos. A essência do primeiro é «Bom gel de barbear”, compre-o! » e o segundo é «Bom para cuidado do rosto + descrição detalhada + instrução + preço + endereços de lojas + número de telefone de contato + botão de atendimento ao cliente » para se comunicar com o consultor.

3
4

Pesquisa da E-Tailing confirma as diferenças nas percepções de recomendações personalizadas entre homens e mulheres. Os compradores preferem recomendações personalizadas porque são convenientes, economizam tempo e ajudam a fazer a escolha certa. Ao mesmo tempo, 71% das mulheres dependem de conveniência e 42% dos homens esperam recomendações baseadas em compras anteriores para tomar a decisão.

  • Pela geografia

Antes de segmentar por geografia, entenda por que você precisa disso. Essa segmentação aborda apenas redes, como restaurantes, por exemplo.

Como você segmenta por geografia? Em primeiro lugar, você pode personalizar a linha de assunto pela localização. Esta é a forma mais eficaz de personalização. Segundo lugar, você pode construir sua estratégia de e-mail com base no geotargeting. Por exemplo, uma rede de restaurantes da Red Lobster cria newsletters baseados no local que foi especificado no registro.

5

  • Por idade

Mais uma variante da segmentação demográfica é por idade. Existem também diferenças na abordagem dos processos de compras. Por exemplo, 32% dos jovens de 18 a 24 anos estão prontos para usar códigos de desconto, enquanto 42% dos usuários com idade entre 55 e 64 anos preferem fazer compras com base em recomendações personalizadas.

Você analisa a atividade dos visitantes no site (histórico de pesquisas ou compras)? Se não o fizer, é hora de começar agora.

Segmentação comportamental

A coisa mais simples que você pode fazer é dividir sua lista em tais segmentos.

6

Prepare o newsletter para cada segmento. Por exemplo, para aqueles que nunca compraram, envie um cupom de desconto; para aqueles que compraram uma vez, envie um e-mail indicando: «por favor, deixe uma revisão do serviço» + recomendações com base em compras anteriores; e para assinantes inativos, envie uma reativação de e-mail.

Como você coleta as informações para segmentar sua lista de e-mail?

A primeira maneira de coletar as informações é através do formulário de inscrição. Você prejudicará sua conversão adicionando mais de dois campos no formulário de inscrição. É adequado aprender apenas o endereço de e-mail, nome e sexo dos assinantes. Aqui está um bom exemplo de tal assinatura:

7

Outra maneira de coletar informações é através de várias pesquisas em formulário de inscrição ou na área de membros.

8

Você também pode usar um formulário em seu site para coletar informações (preste atenção em como o restaurante RedLobster enche seu perfil de membro: uma sobremesa grátis, uma surpresa para seu aniversário em troca de informações, etc.)

9

Você acabou de aprender todas as ideias básicas para a segmentação. Cada um dos seus clientes tem um background único, conjunto de interesses e nível de experiência com sua marca, portanto, não envie a todos o mesmo tipo de e-mail. Em vez disso, use a segmentação da lista; é fácil personalizar sua mensagem com base nos interesses do destinatário, informações demográficas e histórico de compras.

[Всего: 0   Средний:  0/5]

15000 e-mails gratuitos todos os meses.