Marketing pessoal – É realmente importante?

Marketing DigitalMarketing pessoalмаркетинг

O Marketing Pessoal é uma estratégia com a finalidade de exaltar e promover um profissional, apresentando seu valor no mercado de trabalho. Apenas com essa frase poderíamos responder a pergunta de nosso título. A estratégia apropria-se de ferramentas do marketing tradicional para promover não um produto, mas a imagem de um profissional. O intuito dessa proposta é atrair a atenção, influenciando a enxergá-lo como referência. 

Em um ambiente concorrido, possuir uma estratégia eficiente e criativa fará a diferença. Independente de estar no mercado como autônomo ou empregado, é importante apresentar o seu potencial de forma atrativa. A estratégia proporciona o destaque de suas ações, habilidades, competências e características. Traduzidas com uma comunicação articulada e assertiva.

Vamos iniciar nosso artigo conhecendo um pouco sobre o conceito dessa estratégia.

marketing pessoal

O que é Marketing Pessoal?

Precisamos ter em mente que o intuito do marketing pessoal é fortalecer a imagem de um profissional, assim como sua reputação. Os que utilizam a ferramenta constroem um nome de referência e autoridade. Ou seja, apresenta argumentos defendendo a sua própria contratação. 

A estratégia explora, a partir de ferramentas, as experiências, habilidades, competência e capacidade do profissional. Utilizando-se como canal de promoção a veiculação de conteúdos, presença nas redes sociais, publicação de portfólio e de seu currículo pessoal.

Perceba a semelhança da promoção de imagem com o Marketing tradicional. Já debatemos em outros artigos exatamente as mesmas técnicas para aumentar e criar reputação da marca com os clientes. Os meios são os mesmos, a diferença está em quem é o promovido.

Não há como limitar essa estratégia apenas aos freelancers ou autônomos. Os trabalhadores com regime CLT também se veem obrigados a aplicar em seus currículos. Promovendo técnicas em entrevistas ou dinâmicas para exaltar suas qualidades e argumentar a contratação.

Quem teve a grande ideia?

Não há como definir quem e como foi criada esse formato de marketing, é certo que ele sempre existiu, no entanto, nunca antes nomeado. Muitas pessoas ainda confundem o conceito com uma simples propaganda. Gerando uma sensação de falta de ética ou valorização exagerada da realidade. Ideia equivocada pensando no cenário atual do mercado de trabalho.

O marketing pessoal ganhou uma grande força pela importância que a carreira representa para as pessoas. O comportamento, os valores e objetivos dos profissionais são dinâmicos, podemos perceber diferenças de posturas de uma década a outra. Não era incomum um profissional entrar e se aposentar em uma empresa. Hoje, a postura é muito diferente.

A busca dos profissionais está nas melhores oportunidades e o mercado impulsiona a esse dinamismo. Dia após dia, novas profissões e atividades aparecem e o profissional precisa acompanhar as mudanças. Precisando estar ativo no mercado, criar as melhores oportunidades e ser referência.

Ainda hoje a indicação é procurada pelos empregadores ou contratantes. Antes de buscar agências de recursos humanos, os colaboradores possuem voz em indicar profissionais aptos para o cargo. Vagas muitas vezes conquistadas por aqueles que desenvolvem da melhor forma o marketing pessoal e possuem uma boa rede de networking.

Qual a importância?

Se estar em destaque no mercado de trabalho e referenciado ainda não for respostas convincentes, vamos apresentar alguns dados. Provavelmente, você já ouviu essa expressão: “Se já é difícil arrumar emprego com faculdade, imagine sem”. Na verdade, é uma representação da realidade.

A qualificação profissional está em ascensão no Brasil, provado no último Censo do IBGE. Mesmo estando muito abaixo dos países desenvolvidos, o percentual de formados cresceu de 4,4% para 7,9%. Os dados ainda podem ser maiores dependendo da região ou Estado.

Essa realidade só tende a crescer quando pensamos nas novas gerações que entrarão no mercado de trabalho. Com isso, o ambiente torna-se cada vez mais competitivo e dinâmico. Estudiosos analisam os dados do Censo e conferem que não há vagas suficientes para a quantidade de diplomas conquistados. O Marketing Pessoal será o diferencial para a empregabilidade.

Quais as vantagens?

  • Atrai a atenção das pessoas em seu ramo ou trabalho, conquistando assim um melhor espaço dentro do mercado;
  • Em pesquisa realizada pela CareerBuilder, 70% dos recrutadores checam as redes sociais dos candidatos. Ter um perfil apresentando suas qualificações representam uma boa imagem. Assim como não ter informação, promove uma sensação de suspeita;
  • O portfólio é a vitrine de seu trabalho, a oportunidade única de apresentar como aplica as suas habilidades e competências. Lembrando a importância de não apresentar somente o resultado, mas o processo de criação;
  • Um contratante que já conhece o seu trabalho, garante a você um maior poder de negociação;
marketing pessoal
  • A confiança de seus clientes depende de como constrói a sua imagem e reputação. Você oferece a ele a certeza de como será o resultado, caso venha a contratá-lo; 
  • As empresas buscam pelos melhores, ou seja, aqueles que possuem destaque em seu ramo de atuação. Desenvolver um marketing pessoal garantirá de uma forma mais ágil novas e mais atraentes oportunidades.
  • Promove um enriquecimento em sua comunicação e interação. Otimizando o trabalho em equipe e o alcance de metas. Além disso, eleva a autoestima do profissional e desenvolve a coragem e segurança. 

Entende a importância de desenvolver e implantar em sua apresentação?

Longe de ser um inconveniente ou “cheio de si”, apenas seja transparente e verdadeiro. Para apresentar o melhor de seu trabalho é importante desenvolver sua capacidade de liderança. Além de se mostrar visionário, ou seja, capaz de sugerir mudanças e melhorias para o desempenho e resultado da empresa.

Para o desenvolvimento do Marketing Pessoal é essencial que faça networking. As redes de contatos são fundamentais para o processo. A habilidade de Storytelling é outra característica ideal para a estratégia, uma vez que chama a atenção para o discurso. 

marketing pessoal

Promova o seu trabalho, não se esconda atrás de sua mesa de trabalho. Tenha canais para apresentar os seus resultados como: blog, redes sociais específicas e LinkedIn. Crie referência a sua imagem e marca, posicionando de forma coerente. 

A sua carreira profissional depende de um investimento e trabalho constante para construir o seu espaço. Seja otimista e paciente!

Compreendem o valor do marketing para sua carreira? Não deixe de conhecer as nossas ferramentas para otimizar o seu trabalho. Apresentamos nosso editor de e-mail, conheça agora mesmo!

[Всего: 0   Средний:  0/5]

15000 e-mails gratuitos todos os meses.