Growth Hacking e Email Marketing: Como Melhorar seus Resultados

e-mail marketingGrowth Hacking

As estatísticas indicam que mais de 90% dos usuários de internet no mundo todo verificaram seus e-mails pelo menos uma vez por dia no ano passado. No meio de tantas mensagens eletrônicas enviadas diariamente, sua empresa precisa se destacar e aparecer dentre os diversos e-mais de contatos pessoais e de concorrentes. Esta é uma questão que pode ser facilmente resolvida com o uso do growth hacking.

Por meio de campanhas de e-mail marketing, você pode usar técnicas para aumentar o seu ROI (Retorno por Investimento). Isso inclui segmentação, frequência de envio, linha de assunto e o conteúdo em si, todos podem ser analisados ​​para gerar mais conversões. Incluindo um método conhecido como growth hacking, que ajuda a impulsionar tendências e a obter resultados mais rapidamente.

Nós separamos alguns passos para você conferir e seguir de vez o caminho do crescimento em suas estratégias de e-mail marketing. Continue aqui.

O Que é Growth Hacking?

A definição mais correta de Growth Hacking é: marketing orientado a experimentos. Em outras palavras, encontrar oportunidades ou brechas (hacks) para alcançar o sucesso e criar estratégias específicas visando resultados rápidos para o crescimento (growth) da empresa.

Esse foco absoluto no crescimento deu origem a uma série de métodos, ferramentas e melhores práticas que simplesmente não existiam no repertório de marketing tradicional. De qualquer maneira, o growth hacking e o marketing digital são duas especialidades muito complementares

Um profissional de marketing pode usar o engajamento para analisar uma meta definida para criação de reconhecimento da marca. Um growth hacker, por sua vez consegue trabalhar em busca de um crescimento acelerado previamente definido. Simplificando, as atividades de marketing podem ter um foco amplo que englobe qualquer parte do funil, enquanto o hacking de crescimento depende do estabelecimento de metas grandes e alcançáveis ​​para alcançar um resultado específico.

Como Aplicar o Growth Hacking no E-mail Marketing

Já que growth hacking significa encontrar brechas para promover um crescimento acelerado, nada melhor que implantar a estratégia em suas campanhas de e-mail marketing. Confira algumas práticas que certamente irão facilitar o seu trabalho.

1) Usar conteúdo dinâmico para ativar o medo de perder

O medo de perder é uma emoção comum do consumidor. E os profissionais de marketing e anunciantes exploram este sentimento para encorajar seus clientes a tomar uma decisão e fazer a si mesmos a pergunta: “Posso deixar passar esta oportunidade?”. Copywriting persuasivo é uma forma de trabalhar esta sensação, mas ele pode ser ainda mais aprimorado pelo conteúdo dinâmico, como relógios de contagem regressiva para ofertas por tempo limitado, ferramentas interativas e personalização.

2) Otimize suas linhas de assunto do seu e-mail

As linhas de assunto são a porta de entrada do seu conteúdo de e-mail marketing. Sem um assunto convincente, você está perdendo uma grande oportunidade de interagir com seus clientes. Se suas taxas de abertura forem baixas, grande parte da sua lista de assinantes não verá suas mensagens – e aí não importa o quão bem trabalhada e rica em conteúdo elas sejam!

Existem inúmeros fatores envolvidos na otimização de linhas de assunto, como testar o tamanho, adicionar símbolos e emojis relevantes, fazer perguntas, incorporar frases de chamariz e palavras-chave, incluindo ofertas, incentivos e uso de humor.

3) Crie uma estratégia de reativação de e-mail

Você sabia que até 75% da sua lista de inscritos podem estar inativa? Por isso, é importantíssimo ter uma estratégia de reativação de contatos. Porque, a menos que você esteja segmentando especificamente os leads menos ativos, perderá tempo e recursos enviando e-mails comuns para assinantes que não estão envolvidos com seu conteúdo. Isso significa que suas métricas de desempenho de e-mail serão distorcidas e você não saberá o valor real da sua lista de inscritos.

4) Crie seus e-mails para dispositivos móveis primeiro

Embora você queira que seus e-mails tenham o mesmo impacto em todos os dispositivos, as tendências modernas de consumo de conteúdo significam que cada vez mais pessoas estão lendo seus e-mails através de celulares.

As telas são menores, o tempo de navegação é menor, e por isso é necessário envolver imediatamente e evitar experiências frustrantes para o usuário. A melhor maneira de fazer isso é criando um conteúdo amigável e otimizado, fácil de visualizar e consumir no celular.

5) Escolha uma plataforma com recurso de automação

No passado, a automação do e-mail marketing era erroneamente percebida como uma solução cara. Quando você considera o ROI envolvido, o investimento é justificado pelo impacto positivo.

Existem soluções acessíveis para empresas de todos os tamanhos. A automação de e-mails influencia de forma efetiva a retenção de clientes, pois aprimora o processo de segmentação e ajuda a criar jornadas mais personalizadas para o assinante. O marketing por e-mail é o canal mais eficaz para nutrir relacionamentos com clientes e a automação de marketing leva esse processo de criação a um novo patamar.

Com SendPulse, você dispõe do recurso Automação 360. Com ele, é possível enviar mensagens automatizadas cada vez que seu contato executa uma ação determinada. Conheça mais da Automação 360.

Conclusão

Esta é apenas uma pequena parte da trilha que você pode seguir para otimizar as suas campanhas de e-mail marketing de acordo com o marketing orientado para o crescimento. Agora que o conceito de growth hacking não é mais novidade, o segredo é seguir essa jornada, testar possibilidades, verificar erros e acertos e colocar sua empresa no caminho do crescimento.

[Total: 0   Average: 0/5]

15000 e-mails gratuitos todos os meses.