Chatbot

Como Desenvolver um Construtor de Chatbot para Telegram e Crescer até 100.000 Bots Ativos em 2022

Mayara Ribeiro

23 set. 2022

10 minutes

Como Desenvolver um Construtor de Chatbot para Telegram e Crescer até 100.000 Bots Ativos em 2022

Você não pode surpreender ninguém com um chatbot para Telegram em 2022: desenvolvedores de cursos online os criam para manter contato com os alunos, profissionais de marketing os desenvolvem para automatizar o suporte ao cliente e vendas e etcetera.

Na maioria das vezes, esses chatbots são criados usando construtores visuais simples. Uma pessoa cria uma conta, constrói um fluxo usando elementos pré-prontos, adiciona mensagens, salva suas campanhas, e pode testá-las imediatamente ou compartilhar o link convite do chatbot com seu público.

A equipe da SendPulse começou a desenvolver o construtor de chatbot para Telegram há dois anos atrás. Durante esse período, nossa plataforma ajudou a criar mais de 100.000 bots ativos, e foi assim que ganhamos a experiência que queremos compartilhar neste artigo.

Nós contaremos sobre:

  • por que não queríamos arriscar desenvolvendo um construtor de chatbot para Telegram no início;
  • quanto tempo levou o processo de desenvolvimento e como o gerenciamos;
  • quais atividades ajudaram a criar nosso produto;
  • como o feedback afetou o processo de desenvolvimento;
  • nichos e setores que estão usando chatbots para Telegram ativamente;

Além disso, contaremos algumas singularidades a respeito do produto na Ucrânia, diante da situação atual, já que nosso construtor de chatbot foi criado e projetado lá.

Para quem são os chatbots para Telegram

Um estudo da Forbes confirmou que o fácil acesso à internet em meados dos anos 2000 levou ao rápido crescimento da base de consumidores e ao surgimento de novos canais de comunicação. Isso, por sua vez, levou ao desenvolvimento de tecnologias de automação de marketing, graças às quais as marcas podiam alcançar seus públicos sem envolver recursos humanos adicionais.

A plataforma de automação de Marketing SendPulse foi lançada em 2015, e nós lançamos a primeira versão do construtor de chatbot para Facebook Messenger em 2019.

Nós focamos no Telegram, que era relativamente um canal de comunicação recente naquela época. Nossas dúvidas entraram no caminho: as pessoas, normalmente, seguem os perfis de redes sociais das empresas e entram em contato usando chatbots. O Telegram não oferecia essa possibilidade: a pessoa tinha que seguir um link para uma fonte externa, se inscrever no bot e começar a se comunicar.
Dymitri Shemendyuk

Dymitri Shemendyuk

gerente de produtos do construtor de chatbot da SendPulse

Portanto, apesar do potencial do canal de comunicação, nós decidimos desenvolver um construtor de Facebook Messenger primeiro. Os usuários apreciaram sua eficácia, então eles constantemente perguntavam quando haveria uma possibilidade de criar chatbots para outros aplicativos de mensagens, e um número significativo dos pedidos eram relacionados ao Telegram.

Os chatbots conquistaram o setor de cursos online desde o começo. Lojas online e projetos de Saas levam jeito para eles também, uma vez que os chatbots permitem que eles automatizem seus suportes ao cliente e aumentem a lealdade dos consumidores e vendas com bastante eficácia.

Um chatbot bem configurado não pode substituir seus funcionários, mas sim reduzir suas cargas de trabalho significativamente:

  • respondendo perguntas comuns;
  • informando assinantes sobre promoções, descontos e características dos produtos;
  • coletando leads usando iscas digitais;
  • permitindo que os usuários paguem por um produto, reservem um serviço, ou se inscrevam para um evento;
  • aprendendo sobre as necessidades e preferências dos assinantes para oferecer um produto que é o melhor para eles;
  • coletando avaliações.

Nossa equipe enfrentou uma tarefa desafiadora, desenvolver um construtor de chatbot com todos os recursos, mas intuitivo, que atendesse todas as necessidades de pequenas e médias empresas.

Deseja criar um chatbot?

Projete e configure chatbots para Facebook, WhatsApp ou Telegram sem precisar codificar com a SendPulse. Crie fluxos de mensagens incluindo não apenas texto, mas imagens, listas, botões com link, e muito mais.

Como nós desenvolvemos nosso construtor de chatbot para Telegram

Vamos ser sinceros com você: nós não desenvolvemos nosso construtor de chatbot do zero, então tudo aconteceu bem rápido. Nós tivemos de juntar todos os materiais de base nos construtores visuais que tínhamos e começamos a construir neles até criarmos uma interface que, hoje em dia, é chamada de uma das mais intuitivas do mercado.

Pesquisas internas confirmam que donos de negócios e profissionais de marketing usam o construtor de chatbot da SendPulse para desenvolvê-lo do zero e implementá-lo imediatamente em suas rotinas. Você pega o jeito de como tudo funciona em algumas horas e testa suas estratégias de marketing no dia seguinte.

Dymitri Shemendyuk

gerente de produtos do construtor de chatbot da SendPulse

Nosso construtor visual de chatbot é uma solução sem códigos que não exige nenhuma habilidade de programação e permite que você desenvolva um em poucos dias. O construtor em si consiste em três partes principais: a barra lateral esquerda com todos os elementos necessários para construir um bot, a área de trabalho onde pode criar sua arquitetura, e o painel direito onde pode editar todos os elementos.

Por dentro do construtor de chatbot para Telegram
Por dentro do construtor de chatbot para Telegram

Existem 7 que você pode adicionar quando estiver criando um bot usando nosso construtor:

  • Mensagem. Este elemento permite criar mensagens e adicionar arquivos, imagens, botões e links.
  • Fluxo. Esse elemento ajuda você a vincular outro fluxo à sua mensagem para dividir o script do chatbot em várias ramificações e não sobrecarregá-lo com fluxos excessivamente longos e complicados.
  • Ação. Esse elemento permite adicionar uma tag, pedir a um administrador para participar da conversa, atribuir uma variável para personalizar mensagens ou segmentar seus assinantes, criar um negócio ou enviar dados para um serviço externo.
  • Filtro. Este elemento permite trabalhar com condições e ações. Por exemplo, se um usuário se inscreveu, ele terá acesso. Caso contrário, seu bot dirá a ele o que fazer em seguida.
  • Solicitação de API. Este elemento irá ajudá-lo a obter dados de fontes externas. Por exemplo, você pode informar um usuário sobre o status do pedido ou mostrar seus produtos mais vendidos.
  • Aleatório. Esse elemento ajuda você a configurar um cenário aleatório, por exemplo, para realizar quizzes ou diversificar determinados fluxos pelos quais um assinante passa mais de uma vez. Ele também pode ser usado para testes A/B, por exemplo, quando você não tem certeza de qual desconto oferecer, qual versão de texto é melhor ou com que frequência e quando lembrar os usuários sobre os bônus. Analise qual opção seus assinantes responderam mais e siga com ela.

Também tentamos usar nosso código pré-escrito o máximo possível. O script do construtor de chatbot do Facebook foi a base principal. Ainda assim, as diferenças entre a funcionalidade mais ampla desses aplicativos, API e bots do Telegram geralmente eram nossos obstáculos.

Confira esses exemplos de chatbots para Telegram para ter uma ideia melhor do que você deve almejar!

O que nos ajudou a acelerar o processo foi a comunicação próxima e constante dos membros de nossa equipe. Pode parecer que reuniões frequentes atrapalham o progresso, mas, no nosso caso, foi exatamente o contrário. Conseguimos lidar rapidamente com qualquer problema e desenvolver o produto mais conveniente e intuitivo para os usuários finais.

Nossos testadores e desenvolvedores de back-end e front-end estavam focados no próprio processo de desenvolvimento. Outros especialistas 一 designers e escritores de UX 一 foram recrutados de outros projetos dentro da empresa. Com o tempo, a equipe foi crescendo, mas o princípio de desenvolvimento simultâneo de vários produtos da empresa continua o mesmo, possibilitando crescer sem “inflar” o quadro de funcionários.

Os recursos do aplicativo impunham muitas restrições que exigiam soluções arquitetônicas exclusivas. Por exemplo, o Telegram não permite processar mais de 30 solicitações por segundo de um bot, o que torna praticamente impossível enviar mensagens em massa para uma extensa lista de assinantes por meio dele. Os canais de Telegram são mais adequados para isso. Separamos mensagens de chat, fluxos e campanhas em ramificações separadas para que não bloqueiem uns aos outros. Essa solução arquitetônica permite que os usuários enviem mensagens em massa do Telegram e usem nosso construtor com mais facilidade.

Também reduzimos a prioridade de envio para campanhas de chatbot em massa e aumentamos para mensagens de chat e respostas automáticas. Isso aumenta a eficiência do construtor do ponto de vista de nossos usuários finais, pois eles recebem respostas às suas perguntas o mais rápido possível.

Como lançamos e promovemos nosso construtor de chatbot para Telegram

Assim que nossa equipe começou a desenvolver o construtor, o departamento de marketing lançou uma landing page para anunciá-lo e adicionou o botão “Me avise”. Dessa forma, poderíamos reunir uma base de testadores beta e avaliar o interesse do público nos chatbots do Telegram.

Recebemos várias dezenas de inscrições logo no primeiro dia. Isso confirmou que havia uma demanda por novos canais de comunicação no mercado e provou que nossa decisão de desenvolver este novo produto foi oportuna.

O grande lançamento aconteceu em abril de 2020.

Imediatamente após o lançamento, recebemos muito feedback. As pessoas compartilharam sua experiência de usuário, fizeram perguntas e criaram espaço para futuras melhorias de funcionalidade. Consideramos cada solicitação e produzimos um produto que atendesse à demanda do público.

Durante a última atualização, anunciamos que um chatbot do Telegram agora pode ser membro de canais e grupos. Seu bot pode confirmar pagamentos, bloquear quem não pagou e enviar tipos especiais de mensagens e campanhas. Introduzimos esses recursos graças ao feedback do usuário.

Dymitri Shemendyu

gerente de produtos do construtor de chatbot da SendPulse

Recebemos nossos primeiros pagamentos no dia do lançamento. Quem queria ser o primeiro a dominar o novo canal de comunicação, adquiriu um plano de preços para evitar o limite de mil assinantes. É assim que funciona até hoje: com nossos planos de preços pagos, você pode enviar um número ilimitado de mensagens para seus assinantes.

Os usuários também pagam para poder solicitar dados de servidores externos, usar o número máximo de tags e variáveis ​​e remover o logotipo da SendPulse.

Mais tarde, introduzimos a possibilidade de aceitar pagamentos com nossos planos de preços pagos, o que significa que pode criar sua loja online diretamente no Telegram! Você pode desenvolver um catálogo de produtos e filtros de pesquisa, aceitar pagamentos e oferecer a repetição da compra de um usuário.

A maioria dos usuários do nosso construtor de chatbots são donos de negócios que coletam e vendem informações, mas também usam outro produto nosso, o construtor de cursos online. Planejamos integrá-lo com o construtor de chatbots para que nossos clientes tenham todas as ferramentas de que precisam em uma plataforma.

Em 2020, várias dezenas de bots foram criados todos os dias, e nosso crescimento foi muito bom. Os lockdowns prolongados da COVID-19 se tornaram o primeiro reforço significativo que motivou as pessoas a criar bots do Telegram.

Em 2022, uma onda de interesse neste canal de comunicação, por parte dos ucranianos, foi provocada pela invasão militar em larga escala da Rússia, já que cada vez mais pessoas precisavam se comunicar online. Uma pequena queda no número total de bots ocorreu devido à saída de usuários russos, para os quais desabilitamos a possibilidade de registro e deixamos de fornecer suporte ao cliente.

Atualmente, a SendPulse está criando cerca de 200 chatbots novos todos os dias.

O número de chatbots para Telegram desenvolvidos com a SendPulse por dia
O número de chatbots para Telegram desenvolvidos com a SendPulse por dia

O Telegram se tornou uma ferramenta valiosa durante a guerra: voluntários, fundações de caridade e cidadãos preocupados criaram chatbots para ensinar os outros como sobreviver e se adaptar, divulgar notícias importantes rapidamente e ajudar civis e militares.

A SendPulse aloca capacidade e, às vezes, recursos humanos para grandes bots que os voluntários desenvolvem para que milhões de mensagens possam ser entregues o mais rápido possível todos os dias.

Dymitri Shemendyuk

gerente de produtos do construtor de chatbot da SendPulse

O interesse do público nos inspirou a iniciar uma de nossas iniciativas sociais logo nos primeiros dias da guerra. Fornecemos acesso gratuito ao nosso construtor de chatbots mediante solicitação, para que o maior número possível de pessoas e organizações possam criar bots para compartilhar informações cruciais para a sobrevivência do país.

Em agosto de 2022, atingimos o número de 100.000 chatbots ativos do Telegram que enviam mensagens constantemente e expandem suas bases de assinantes. Você pode ver o crescimento do nosso construtor de chatbots para Telegram no último ano no gráfico abaixo.

O número de chatbots para Telegram ativos desenvolvidos de Janeiro a Agosto de 2022
O número de chatbots para Telegram ativos desenvolvidos de Janeiro a Agosto de 2022

Nossos usuários enviam mais de um milhão de mensagens todos os dias 一 e a carga só está aumentando. A maioria das mensagens informa ou notifica as pessoas sobre algo, como a localização de uma empresa ou o horário de trabalho. Ainda assim, alguns clientes conseguem usar ao máximo as possibilidades do nosso construtor de chatbots do Telegram, pois ele pode fazer muito mais.

Por exemplo, você pode usar dados armazenados em seu site ou sistema de CRM para fornecer a um assinante uma atualização sobre o status de seu pedido ou um link para a conta de um usuário no site, para personalizar suas ofertas e lembrá-lo sobre as possibilidades do seu programa de fidelidade. Fornecemos documentação detalhada sobre como integrar com a SendPulse.

Resumindo

À medida que o mercado avança para expandir ainda mais as possibilidades de automação, os chatbots continuarão a crescer e evoluir, permitindo que as marcas se comuniquem com seus públicos com o mínimo de envolvimento humano.

Atualmente, os chatbots podem:

  • enviar respostas automáticas com base em um script pré-escrito ou palavras-chave;
  • enviar e-mails automatizados;
  • aceitar pagamentos através de quatro sistemas;
  • segmentar seu público e personalizar mensagens;
  • trocar dados com programas de terceiros usando as solicitações GET e POST;
  • trabalhar em grupos e canais.

Os bots do Telegram estão se tornando parte integrante dos processos de negócios, graças a respostas instantâneas e precisas, aumento de vendas e a capacidade de formar um público fiel. Esta é uma situação onde só há ganhos, pois os chatbots podem trazer benefícios para empresas e usuários finais. Venha usufruir de todas essas vantagens e experimente nosso construtor de chatbot para Telegram gratuito!

Data da publicação:

23 set. 2022

Mayara Ribeiro

Em constante evolução

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading...
Classificação média: 5/5
Votos totais: 1
Compartilhar:
Twitter