Provavelmente, você já enfrentou um momento de bloqueio criativo. Quando aquela tela em branco com e o cursor piscando causa desespero e agonia. Para quem trabalha com produção de conteúdo, não é incomum se deparar com esse momento trágico. A diferença está entre aqueles que driblam esse bloqueio e os que são tomados pelo desespero de não conseguir produzir. 

Esse artigo foi dedicado justamente para ajudar a aliviar esse bloqueio. Não estou dizendo que nunca mais o terá. No entanto, com boas práticas e técnicas poderá transformar o bloqueio em ótimas oportunidades. 

Lembre-se, apenas 22% da nossa criatividade é herdada, todo o restante ou 78% é desenvolvido por muita prática, estudo e suor! Chega de coçar a cabeça sem saber como ou o que escrever. 

bloqueio criativo

Entendendo o Bloqueio Criativo

O bloqueio criativo é exatamente aquele momento em que não conseguimos produzir absolutamente nada. Por mais tentativas feitas, tentamos iniciar, mas logo travamos e perdemos totalmente o foco. Podemos definir então como um impedimento ou dificuldade em ter uma inspiração, ou nova ideia. 

Diversos profissionais podem se deparar com esse momento crucial, afetando artistas, músicos e produtores de conteúdo. Bem, mas é muito importante ressaltar o quanto o bloqueio criativo é criado por nós mesmos. Podendo estar associado a ansiedade, excesso de autocrítica e falta de motivação. Como também podendo ser por desmotivação ou procrastinação.

Então, por que o bloqueio criativo acontece?

Para termos a solução de um problema ou dificuldade precisamos entender a causa do ocorrido. Não adianta pegar o resultado negativo e tentar resolvê-lo. Precisa voltar a fita e encontrar as razões causadoras do bloqueio.

Nesse pensamento, apresento algumas possíveis causas impulsionadoras de uma dificuldade de escrita.

Ser perfeccionista ao extremo

O perfeccionismo pode ser um empecilho para o seu projeto. Não será na primeira tentativa que desenvolverá um texto de dar inveja. Por isso, tudo começa de um esboço e vai crescendo aos poucos. 

É natural cometer erros de digitação ou mesmo de grafia. Todas as vezes em que você interrompe para corrigir o erro, você quebra sua linha de pensamento. Diminuindo o seu ritmo e limitando suas ideias.

Entenda, a revisão foi feita justamente para aprimorar a sua primeira escrita. Somente quando for revisar, irá corrigir erros gramaticais, aperfeiçoar o texto original e melhorar uma frase. Será o momento de lapidar. E somente aí cabe um perfeccionismo.

Ter medo de rejeição ou de não ser bom o suficiente

O medo é sim uma grande trava. Não só para a escrita, mas em todos os níveis de nossas vidas. Se estamos com medo, não há como agirmos diante da situação. Esse é um dos piores podadores de sua criatividade. 

Não fique se questionando se será aceito pelo público ou se irão gostar da forma com que escreve. Isso somente gerará cenários desmotivadores e fracassados. E por mais que queira desenvolver o seu projeto, o medo segurará as suas mãos e não deixará que nada seja digitado. 

Mesmo já iniciado o seu caminho com a escrita, o medo pode bater a porta. E muitas vezes em outras versões. Quando uma de suas publicações foi um sucesso, a paralisação pode vir por ter medo de não conseguir repetir o feito.

E então, mais uma vez a tela em branco causa o desespero para o profissional da escrita.

bloqueio criativo

Muitas opções podem bloquear

Quando não mantemos o foco, também corremos o risco de criar um bloqueio criativo. São tantas as opções e ideias para serem escritas. E não conseguimos parar e focar em apenas uma, tornando a jornada estressante.

Procrastinação leva ao bloqueio

Criar o hábito da escrita é fundamental para ativar a criatividade e se manter ativo. Muitas vezes, deixamos a procrastinação intervir e quebrar a rotina brilhante que estava sendo feita. Perdemos, então, algumas horas nas redes sociais e outras em distrações.

Ao invés de buscar novas ideias, acabamos deixando para amanhã e caindo em um ciclo de procrastinação sem volta. 

Como vencer o bloqueio criativo?

Entendendo os motivos que o levaram a travar diante de um projeto. Há diversas formas para ajudar a desbloquear e ativar novamente a sua criatividade. É claro que cada um responde aos estímulos de uma forma, mas essas dicas podem ajudar em momentos de crise na escrita.

  • Desligue as redes sociais: muitas vezes não nos damos conta de quanto as redes sociais, como também os conteúdos na internet acabam nos distraindo. E inconscientemente estamos gastando a nossa energia e ficando menos produtivo. Aquela olhadinha rápida no Facebook pode custar algumas horas de uma boa escrita.
  • Escreva sem regras: pode parecer um pouco contraditório. Se estou com bloqueio criativo justamente para escrever, como irei escrever livremente? Bom, as regras e a pressão podem ser as causadoras da falta de ideias. Estabeleça um período de tempo e simplesmente escreva.
    • Esqueça as regras gramaticais;
    • Não se cobre ou critique;
    • Escreva tudo o que vem a sua mente;
    • Evite listas, escreva sempre em parágrafos;

Somente depois de finalizar, leia e avalie as boas ideias. Você pode se surpreender com os resultados.

  • Coloque uma música: o poder na música é algo extraordinário. Ela trabalha em seu inconsciente podendo ajudar no controle do estresse e ansiedade. Escolha uma trilha sonora capaz de acalmar e aumentar a sua concentração para a escrita.
  • Determine o seu horário: não adianta querer funcionar como o outro. Cada um produz melhor em horários distintos. E cabe a você perceber quando é o seu momento de inspiração. Separe então esse horário para dedicar ao seu trabalho. 
  • Faça uma pausa: muitas vezes estamos vindo de uma rotina tão desgastante e precisamos apenas de uma pausa. Podendo ser:
    • Dar uma volta com o cachorro;
    • Limpar a casa;
    • Assistir algo somente para distração da mente;
    • Jogar algo para liberar endorfina;
    • Ou dar uma voltinha sem preocupação;
    • Caso seja possível, tire umas férias.
  • Busque novos conteúdos: boas pesquisas e aprofundamento no assunto podem te fornecer ótimos insights. Garantindo assim momentos de inspiração para a escrita. 
  • Use a tecnologia a seu favor: existem diversas ferramentas disponíveis para facilitar em um momento de bloqueio criativo. Até mesmo recursos que usamos diariamente podem facilitar na crise. Isso porque a busca pode possibilitar insights positivos. 
    • HubSpotBlog Topic Generator: garante lista de ideias apenas com três substantivos
    • BuzzSumo: apresenta os conteúdos que são mais compartilhados nas redes sociais. 
    • UberSuggest: busca de novas palavras de cauda longa e cauda curta. 
    • Evernote: a inspiração pode chegar a qualquer momento. Esse é um bom aplicativo para anotar os insights.
  • Técnica de Pomodoro: desenvolvida para ajudar a manter o foco. Você separa a sua rotina da seguinte forma. 
    • Escrita por 60 minutos;
    • Uma pausa de 15 minutos.

Bem, e se nada der certo, talvez você só precisa dormir! Talvez o seu cérebro tenha se esgotado. Então, desligue o despertador e relaxe!

bloqueio criativo

Quais as vantagens de se manter criativo?

Os profissionais de marketing digital trabalham diretamente com a criatividade. A produção de conteúdo para chamar a atenção do leitor e mantê-lo conectado com a marca depende do ser criativo. 

No entanto, ser um profissional criativo ou uma pessoa criativa garante boas vantagens como:

  • Facilidade para comunicação e relacionamentos;
  • Coragem;
  • Encontro de soluções com maior facilidade;
  • Maior visibilidade no âmbito profissional;
  • Um pensamento rápido.

O que podemos concluir é: não podemos deixar o bloqueio criativo dominar o seu emocional. Você sempre estará sujeito a tela branca, mas cabe somente a você criar estratégias para afugentar essa crise. 

Quer garantir facilidades para a sua empresa e ter mais tempo de dedicação à escrita? Conheça nossa ferramenta de automação de e-mail!

[Всего: 0   Средний:  0/5]

15000 e-mails gratuitos todos os meses.