5 dicas de para dominar a estratégia de teste A/B

conversãoe-mail marketingestratégiaTeste A/B

Quando você implementa mudanças em suas campanhas de marketing, como saber se farão sucesso com seu público? Mais importante, como você sabe que as alterações converterão melhor do que o conteúdo anterior? É aqui que entra o teste A/B.

Mas como não se perder na hora de colocar em prática as variações de ideias para o seu email? Neste artigo, você verá cinco dicas para produzir testes A/B e, de quebra, iremos te mostrar como executar seus próprios testes utilizando a plataforma SendPulse. Fique conosco!

O que é o teste A/B?

O teste A/B é um método de teste bastante utilizado, no qual uma lista é dividida em partes e cada grupo, selecionado aleatoriamente, recebe um conteúdo criativo diferente, conhecido como variável.

Essa técnica permite que o desempenho de cada variável seja monitorada e determina qual delas é mais eficaz, de acordo com os objetivos definidos para aquela campanha. Assim, é possível saber qual versão obtém melhores resultados e disparar conteúdos cada vez mais potentes.

5 Dicas Para Montar Testes A/B de Qualidade

Antes de começar o seu teste, tenha em mente estas quatro regras:

  • Não alterar muitos elementos de uma variável para a outra;
  • Ter uma ideia clara do que você precisa verificar;
  • Escolher uma métrica correspondente ao objetivo da sua campanha;
  • Selecionar uma lista de assinantes grandes o suficiente para que os resultados dos testes sejam estatisticamente significativos.

Agora vamos continuar com as 5 principais dicas para você potencializar os testes de suas campanhas.

 

 

1. Análise

Antes de você começar a pensar em como a versão B pode parecer, a versão A precisa de um diagnóstico completo. Examinando o comportamento de seus visitantes e identificando pontos fracos no seu funil de conversão, você saberá exatamente em que pontos você precisa de otimização.

Nesse ponto, o Google Analytics, por exemplo, pode ser de excelente ajuda para os profissionais de marketing digital na hora de planejar suas ações, pois informa como os visitantes estão usando seu site e/ou redes.

Mas você ainda não acabou! Todos esses esforços precisam ser complementados com a segmentação de clientes certa. Para testar como seus clientes respondem melhor ao seu conteúdo, você precisa pensar com a cabeça do consumidor.

2. Hipótese

Esta é a parte divertida! Você precisa colocar a cabeça para funcionar na hora de fazer uma alternativa para a versão A. Então, o que você vai mudar? Seus botões de call-to-action, seu conteúdo, as cores ou estrutura do seu layout?

Qualquer um pode criar uma hipótese, mas uma boa hipótese exige um pensamento bastante cuidadoso. Adapte tudo para uma melhor experiência de leitura, não importa qual seja o objetivo da sua campanha.

3. Estrutura

É importante ter certeza sobre todos os aspectos do seu teste. Antes de lançar este experimento, você precisará decidir:

  • Sua meta : para que uma plataforma de testes A/B compare o número de conversões resultantes da versão A ou B, é necessário especificar uma ação que possa ser registrada. Defina se a sua meta de análise será uma conversão, ou um clique em call to action, por exemplo. Ocasionalmente, você pode querer definir mais de um tipo diferente de meta.
  • O que você deseja segmentar: o teste de cada variável, uma por uma, tomaria muito tempo da sua equipe. Sua segmentação geralmente é definida pela análise das características da sua persona, então você pode definir a quem se destina a sua campanha a partir dessas informações.
  • Quais KPI’s analisar – Depois de disparadas as suas campanhas, você certamente vai analisar qual das duas variáveis apresentou o melhor resultado. Para isso, é importante definir quais os parâmetros de comparação. De acordo com as suas metas, defina quais indicadores serão levados em consideração na hora de verificar o sucesso do teste.

4. Experiência

Executar um experimento como o teste A/B é comparado sentar no banco do passageiro: não importa o quanto você queira ajustar, ajustar e alterar o processo, depois de dada a partida você precisa deixar o motorista assumir o controle. No entanto, há uma decisão importante que você deve tomar: qual a hora de parar.

Antes de iniciar o seu teste, você deve ter decidido por quanto tempo ele deverá acontecer e o que você terá que alcançar antes de concluir o experimento. 95% das vezes ter um tempo pré estabelecido é o recomendado, mas um profissional experiente pode decidir terminar um teste ao atingir certos números.

Se não houver variação entre A e B, entender a relevância estatística de determinada variável será um longo caminho a ser percorrido. Porém, se A está superando B em, pode valer a pena cortar a campanha “perdedora” e tentar outra coisa.

  1. Interpretação

Relevância estatística é a base para tirar suas conclusões. Mesmo assim, uma vantagem significativa de uma versão para a outra pode não levar você a fazer grandes alterações em suas campanhas.

Por exemplo: a versão B pode levar os visitantes a fazer uma compra com mais frequência, mas também pode levar os visitantes a fazer um tipo de compra menos lucrativo. Pode reduzir o número de clientes recorrentes ou causar outros problemas que você não havia previsto antes. Pode ser que você tenha mostrado apenas a versão B para um segmento de seus clientes. Nesse caso, o próximo passo seria tentar a mesma versão em outros segmentos.

 

Como executar um teste A / B no SendPulse

Siga estas quatro etapas para criar testes A / B com o SendPulse :

  1. Faça login na sua conta do SendPulse e clique na opção de testes A/B.

 

  1. Escolha “Criar teste A/B”. Preencha o nome do teste, escolha a lista de endereçamento, as métricas que você vai comparar e os parâmetros para as campanhas vencedoras – envio manual ou automático no horário que você preferir.

 

  1. Em seguida, personalize o e-mail A. Preencha as informações necessárias, crie ou escolha e edite o modelo de e-mail pré definido .
  1. Personalizar o e-mail B. Dessa forma, você pode terminar de criar seu teste A/B ou definir o e-mail C, se necessário – e pronto!

 

Depois de definidos todos os aspectos do seu teste A/B, é hora de colocar a mão na massa. Não deixe de acompanhar nosso blog e curtir nossa página no Facebook para mais dicas quentinhas!

[Total: 0   Average: 0/5]

15000 e-mails gratuitos todos os meses.