Storytelling no e-mail marketing: invista hoje e venda amanhã

A narrativa sempre foi uma ferramenta poderosa para passar informações e obter uma forte resposta emocional de seus consumidores. Nesta postagem, compartilharemos algumas ideias inspiradoras que até um aspirante a storyteller em e-mail marketing pode usar para criar um conteúdo atraente e cativante para seus assinantes.

O que é Storytelling?

O Storytelling é a técnica de usar ideias ou fatos para fornecer informações ao público e criar uma conexão emocional entre a marca e o cliente.

Os profissionais de marketing usam o storytelling para criar um relacionamento significativo com seu público. De fato, 92% dos usuários querem que os profissionais de marketing façam anúncios que pareçam uma história. Além disso, a Statista chegou a classificar o storytelling como a segunda abordagem mais eficaz no marketing de conteúdo, pois 81% dos profissionais de B2B reconheciam sua importância.

Além de ser o ouro do marketing de conteúdo, um storytelling usado de forma inteligente e, a favor de sua marca, possui outras vantagens que beneficiarão seus negócios. Estamos prestes a descobrir como:

Por que o Storytelling é importante?

  • Histórias criam um vínculo emocional entre a marca e o cliente

Contar uma história ativa diferentes áreas do cérebro que liberam adrenalina e colocam em prática o acoplamento neural – um processo que faz com que os leitores sintonizem o ritmo da sua história e a vivenciem como se fossem suas. Como as pessoas são mais propensas a comprar quando são motivadas por emoções, uma história bem contada pode influenciar a atitude dos clientes em relação à sua marca e aumentar tanto as compras quanto a sua lealdade.

  • Histórias gravam a marca na memória dos assinantes

Uma história convincente e bem contada pode ficar na mente do leitor, criando uma conexão emocional entre sua marca e seus clientes. De fato, as mensagens quando comunicadas em forma de histórias se gravam 22 vezes melhor na memória do que quando são contadas em um formato mais simples ou comum.

  • Histórias descobrem a personalidade da marca

O uso do storytelling para apresentar os valores e as visões de sua empresa, permite demonstrar recursos que podem destacar sua marca do resto. Quando você fala sobre o histórico e a experiência de sua marca, permite que seus clientes entendam melhor o nicho que você está segmentando e quais problemas seu produto ou serviço o ajudam a resolver.

Como aplicar o Storytelling em um e-mail

Antes de falar sobre os tipos de storytelling por e-mail marketing, vamos esclarecer três componentes que uma boa história deve conter:

  • Personagens. Toda história precisa de um personagem para se conectar com o público. No caso do e-mail marketing, esse personagem principal pode ser o seu produto, empresa ou uma personalidade-chave que influenciou sua formação. Por exemplo: quem começou a empresa? Quem te inspirou a começar a empresa? Como você teve a ideia de seu produto ou serviço? Quem criou o logotipo?
  • Conflito. Depois de escolher um personagem-chave, prenda a atenção de seus leitores e faça com que as pessoas se sintam conectadas à sua história, contando-lhes sobre sua experiência. Por exemplo: O que fez você começar a empresa? Quais obstáculos você enfrentou? Que lições você aprendeu dessa experiência? Quais erros você cometeu?
  • Resolução. Coloque seus personagens e conflitos no contexto certo da sua história e deixe seus assinantes com uma resolução, por exemplo, um call to action (chamada para a ação, em tradução livre). Por exemplo: Quais serão os benefícios que seus leitores terão a utilizar seus produtos? Como a sua colaboração os favorece?

Agora vamos ver quais abordagens você pode usar para fazer com que as histórias funcionem para seu e-mail.

  • Abordagem linear

Use esse tipo de storytelling para apresentar os principais eventos da sua história em uma ordem lógica à medida que eles aconteceram. Nessa abordagem, o narrador geralmente está no controle total da história e o leitor não interfere no fluxo.

  • Narração interativa linear

Essa abordagem oferece aos leitores mais controle sobre o fluxo da história, pois eles podem interagir com certas partes do conteúdo do e-mail, como por exemplo, assistir um vídeo, clicar em um link, vincular texto ou imagens a páginas de destino no seu site.

  • Narração interativa com várias opções

Esse método de storytelling exige que você crie vários finais para a sua história, dependendo das opções que o leitor escolher. Essa abordagem fala dos interesses do usuário e deriva sua curiosidade de revelar o final da história, por exemplo: Um clique no botão CTA (call to action) leva o usuário a uma página da web dedicada, onde ele pode selecionar seu signo do horóscopo e visualizar um horóscopo semanal, mensal ou anual.

Tipos de e-mail com Storytelling

E agora vamos dar uma olhada nos tipos de histórias que você pode usar em sua prática de marketing.

História de sucesso

Deixe seus clientes existentes falarem e compartilharem seus comentários sobre o uso de seus produtos ou serviços. Como alternativa, você pode se orgulhar das conquistas da sua empresa.

Histórias “Motivo do motivo”

Caso esteja planejando fazer uma oferta especial, reforce-a com uma história dizendo por que a está promovendo. Você pode conectá-lo ao aniversário da sua empresa, a um feriado ou a qualquer outro gancho de notícias para fixar suas vantagens na caixa de entrada do usuário.

Histórias de origem

Esse tipo de história seria uma boa chance de dar as boas-vindas aos novos assinantes e falar sobre sua empresa. Mostre aos seus inscritos o que o inspirou a iniciar a empresa ou lançar o produto, quanto foi feito desde então e o que você conseguiu. Retrate as metas e os princípios da sua empresa. Crie um e-mail que exibirá as vantagens de seus produtos ou serviços. Indique por que eles são únicos e como eles influenciam ou podem influenciar o setor em que sua empresa opera.

História dos bastidores

Crie esse estilo de e-mail para revelar como seus produtos são fabricados ou como o fluxo de trabalho da sua empresa é organizado. Afinal, seu público-alvo deseja se conectar com outras pessoas, não com marcas. Compartilhe algum conteúdo de formação de equipe mostrando como sua equipe trabalha e se diverte juntos, ou alguns detalhes interessantes do progresso da sua empresa.

Portanto, certifique-se de que utilizar o Storytelling em campanhas de e-mail marketing seja um bom truque para criar um e-mail inesquecível, criar confiança com seu público e fazê-lo executar a ação desejada. Inspire-se em nossos exemplos, experimente seu conteúdo e use o SendPulse para divulgá-lo.

E que seus e-mails de Storytelling se destacam na memória de seus assinantes – e nas caixas de entrada deles, é claro.

[Всего: 0   Средний:  0/5]

15000 e-mails gratuitos todos os meses.