Marketing e vendas

Segmentação de público: o segredo para uma estratégia de marketing bem-sucedida

10 minutes

Segmentação de público: o segredo para uma estratégia de marketing bem-sucedida

Antes, era normal as marcas criarem um único anúncio para um grande público, enviando as mesmas propagandas para todos os espectadores na TV. Porém, as plataformas e os consumidores mudaram. Hoje, é possível elaborar anúncios muito mais específicos e eficientes. Criando uma estratégia de segmentação de público, sua empresa consegue personalizar os anúncios para diversos tipos de pessoas.

É importante lembrar que os próprios clientes preferem a personalização. 71% deles ficam frustrados quando as compras parecem impessoais e 91% são mais propensos a comprar de empresas que oferecem recomendações de produtos relevantes. Então, fique esperto e trace uma estratégia de personalização para competir com a concorrência e conquistar mais consumidores.

A segmentação de público é uma ótima maneira de personalizar a experiência do cliente. Continue com a gente para saber mais sobre os benefícios e as melhores práticas da segmentação dos consumidores!

O que é segmentação de público?

A segmentação de público é uma estratégia de marketing em que você divide seu público grande e diverso em pequenos grupos que englobam pessoas com características em comum. Assim, é possível oferecer diferentes tipos de anúncios para clientes com perfis distintos. A segmentação pode ser feita com base em localização, gênero, idade, etc.

Dessa forma, você pode tornar suas mensagens mais eficazes ao personalizar o tom de voz, as imagens, as recomendações de produtos, o envio de conteúdo, etc. Você consegue, por exemplo, enviar e-mails promocionais divulgando guarda-chuvas para grupos que moram em cidades chuvosas e e-mails de umidificadores para aqueles que moram em regiões secas.

Por que a segmentação é importante no marketing?

A segmentação de público exige pesquisa e estratégia. Você terá que coletar muitos dados de clientes, separar grupos com características similares de maneira eficiente e descobrir o interesse de cada segmento do seu público. Essa tarefa exige um esforço e tanto! Será que o trabalho e o investimento de tempo e dinheiro realmente dão resultado? Ou é apenas mais uma palavra da moda no marketing?

A seguir, confira os benefícios da segmentação de clientes e descubra as respostas para essas perguntas.

Melhor retenção de clientes

Sabemos que a comunicação é a chave-mestra para a retenção de clientes. Mas é importante ter em mente que esta comunicação deve ser relevante. Uma mensagem pode alcançar sucesso ou fracasso a depender de sua abordagem.

Se você enviar mensagens personalizadas para grupos de clientes interessados no conteúdo, eles poderão gostar ainda mais da sua marca. Mas, se você bombardear os consumidores com informações completamente aleatórias e irrelevantes, sua empresa poderá perder até mesmo os fãs mais entusiastas.

Saiba que 80% dos clientes que se consideram compradores frequentes afirmam que só compram de empresas que proporcionam jornadas de compra personalizadas. Portanto, a segmentação de público é uma jogada muito valiosa!

Mais novos clientes com menos recursos

A segmentação é importante para entender as demandas dos clientes e não se atrasar para oferecer produtos relevantes. Vamos fazer um estudo de caso de uma estratégia de marketing a seguir para entender como a segmentação pode ajudar a sua empresa.

O caso é o seguinte: uma empresa divulgou um anúncio para 1.000 pessoas, sem segmentação de público, de um creme antienvelhecimento com foco em mulheres de mais de 35 anos.

É provável que a marca perca 50% dos recursos investidos, pois metade dos visualizadores podem ser homens. Também é possível que 25% das mulheres que visualizaram tenham menos de 35 anos. Com isso, sobram apenas 25% de visualizadores focados pela campanha. Mas, neste grupo, ainda podem existir diferenças em relação à preferência quanto ao tom de voz, à estética do produto e ao motivo de utilização, reduzindo ainda mais o alcance efetivo.

Dessa forma, vimos que, quando não há uma segmentação do público, a quantidade de pessoas realmente interessadas no anúncio divulgado podem reduzir significativamente. Isso fará com que a empresa desperdice uma grande quantidade de recursos investidos.

Agora, se o anúncio for disparado para um grupo segmentado, ele não chegará para homens e para mulheres com mais de 35 anos, por exemplo. A empresa conseguirá, portanto, com o mesmo investimento financeiro, alcançar mais pessoas compatíveis com a marca. Assim, conquistará mais clientes com os mesmos ou menos recursos.

Maior taxa de lucro

Como vimos até agora, a segmentação de público ajuda a empresa a personalizar suas campanhas. Com isso, consegue aumentar a retenção de antigos clientes e conquistar novos consumidores utilizando menos recursos. Com uma alta taxa de retenção unida a um baixo investimento para aquisição de consumidores, sua empresa poderá aumentar significativamente o lucro. Então, aplique na prática as dicas mencionadas acima para alavancar suas estratégias de marketing e suas vendas.

Quatro tipos de segmentação de mercado

Sua empresa pode dividir os grupos de clientes com base em características diferentes. Para cada tipo de segmentação, você deverá adotar uma estratégia específica. Então, vamos dar uma olhada em quatro tipos de segmentação de mercado.

Demográfico

A demografia é um dos tipos de segmentação mais populares em marketing. Seu foco principal é a pessoa, o que significa que as variáveis ​​de divisão são relacionadas a dados pessoais, como gênero, idade, renda, religião e profissão. Esses dados proporcionam informações valiosas para a criação de campanhas.

Por exemplo, eles indicam a idade, o que faz ser possível excluir adultos mais velhos de anúncios de boneca Barbie, e indica também a renda, o que torna possível direcionar produtos de luxo especificamente para pessoas de alta renda.

Geográfico

O tipo de segmentação geográfica consiste em categorizar os clientes de acordo com sua localização. Não é o tipo de segmentação mais popular quando utilizado isoladamente, por ser muito amplo, mas é um excelente complemento a outros tipos de segmentação de mercado.

Definindo a localização do seu público, você pode definir aspectos importantes das suas campanhas, como idioma ou dialeto, moeda, tom da sua mensagem e imagens usadas. Além disso, você também pode enviar mensagens com base no clima local, notícias importantes, eventos, feriados, etc.

Uma dica valiosa é ficar atento à cultura local, pois cada população possui valores e costumes diferentes e é necessário que você adapte seus anúncios para engajar o público.

Psicográfico

O tipo psicográfico de segmentação se concentra nas personalidades das pessoas de seu público. Aqui você deve dividir os clientes de acordo com seus interesses, estilos de vida, valores e crenças. Este é um dos tipos de segmentação mais poderosos, mas também o mais desafiador, pois ele exige uma pesquisa bem aprofundada das personas.

Ao contrário do que acontece com os tipos anteriores, demográfico e geográfico, nesse caso o Google Analytics não fornece gráficos claros e simples para descrição, análise e categorização dos consumidores. Então, você deverá dedicar mais atenção nessa etapa da segmentação de público.

Comportamental

A segmentação comportamental é baseada nas interações anteriores de seus clientes com a empresa, incluindo gastos, compras, hábitos de navegação, fidelidade à marca e análises recentes de produtos. Por exemplo, com o tipo comportamental, você pode concluir quem são os clientes recorrentes da marca e oferecer programas de fidelidade, assim como entender quem são os recém-chegados e distribuir um cupom para a primeira compra.

Melhores práticas de segmentação de clientes

Então, você decidiu tentar a segmentação de clientes, o que vem a seguir? Como devo coletar os dados? Onde incorporar as novas descobertas? Existem técnicas de segmentação de clientes para tirar o máximo proveito da estratégia? Vamos encontrar as respostas abaixo.

Crie perfis de clientes

Primeiramente, você precisa criar o perfil dos seus clientes. Para isso, você deve decidir o tipo de segmentação que deseja e coletar dados das fontes disponíveis. Se você escolher o demográfico, o geográfico ou o comportamental, poderá encontrar todas as informações sobre o seu público no Google Analytics, na sua plataforma de e-commerce ou no sistema de CRM que você já utiliza.

Conheça o sistema de gestão de relacionamento com o cliente (CRM) da SendPulse e alavanque sua estratégia de marketing! Com ele você automatiza suas vendas e comunicação com o cliente, facilitando e aprimorando o relacionamento. Você pode criar perfis de clientes e segmentar seu público de maneira eficaz, enviando um conteúdo personalizado para cada nicho. Veja abaixo um vídeo sobre como trabalhar com negócios no CRM da SendPulse:

Para a psicografia, você precisará obter informações sobre os interesses e estilo de vida de seus clientes por meio de pesquisas e entrevistas. Você também pode usar pesquisadores e provedores de dados terceirizados, bem como software de segmentação de marketing.

Depois de ter coletado todos os dados, você já pode começar a criar perfis de clientes típicos. Por exemplo, comece a distribuir as pessoas por gênero, idade, endereço, estado civil, além de por interesses, hobbies, tempo que passa em redes sociais e renda média.

Anote as necessidades do grupo

Não basta saber quais são os grupos de clientes da sua empresa, é necessário conhecer as necessidades e preferências de cada um desses segmentos.

Entenda quais são os tipos de produtos que cada grupo pode estar mais interessado e quais são os problemas que cada um deles possui que estes produtos podem resolver. Além disso, procure saber quais são os canais de comunicação preferidos de cada segmento e com quais tipos de estética, tom de voz e abordagem se sentem mais engajados.

Veja no vídeo abaixo como você pode fazer uma segmentação de leads para entender as necessidades e preferências de seus clientes com a plataforma da SendPulse. Assim, você será capaz de personalizar suas campanhas e entregar exatamente o que o cada público deseja.

Priorize seus segmentos

Alguns segmentos de público-alvo são maiores e mais valiosos do que outros. É necessário que a sua empresa priorize os segmentos corretos para obter resultados eficientes nas campanhas. Vamos utilizar um exemplo para ilustrar a situação: mulheres como potenciais compradoras de perfumes voltados para o público masculino.

No caso mencionado, as mulheres podem ser consumidoras caso comprem o produto para presentear seus maridos, irmãos, filhos, namorados e amigos, ou até mesmo caso adquiram o produto para si mesmas. No entanto, é provável que elas sejam casos minoritários quando comparadas ao público masculino, sendo um segmento menos significativo e lucrativo para a empresa.

Claro que, em dias específicos, como o Natal ou o Dia dos Namorados, as marcas podem escolher focar em segmentos minoritários. Porém, nos outros dias do ano, é mais eficiente e assertivo mirar o seu público específico. Portanto, aprenda a priorizar e trabalhar duro em seus segmentos mais importantes para arrasar nas vendas!

Adapte seus e-mails ao segmento de consumidores

Os e-mails são uma ótima opção para colocar em prática a segmentação de clientes. As pessoas preferem abrir mensagens que sejam interessantes para o contexto delas. A geração Millennial, por exemplo, fica insastifeita se a comunicação de uma marca é genérica, 70% deles ficam frustrados caso o conteúdo dos e-mails enviados seja irrelevante.

Ao segmentar seu público, você pode enviar e-mails com diferentes recomendações de produtos, notícias e recursos visuais, mantendo altas taxas de retenção e baixos níveis de cancelamento de assinatura. Confira abaixo um e-mail com conteúdo altamente personalizado, enviado para o segmento de pessoas que clicaram em um produto específico no e-commerce da empresa.

segmentação-de-publico-arezzo
Exemplo de e-mail para um segmento específico de clientes

Forneça apenas conteúdo relevante

A segmentação de público não envolve apenas recomendações de produtos, mas também sugestões de conteúdo. Por exemplo, um site de artigos esportivos poderá contar com a segmentação psicográfica para fornecer conteúdos baseados nos interesses esportivos de cada grupo do grande público. A marca pode enviar para os clientes conteúdos relacionados a seus interesses pessoais, como musculação, pilates, lutas marciais e dietas.

Considere segmentar o público que utiliza seu chatbot

Uma interessante prática de segmentação de público é elaborar fluxos de chatbot que levem em consideração diferentes grupos de clientes. Por exemplo, você pode criar fluxos que correspondam às personalidades dos consumidores, utilizando um tom mais descontraído, com piadas e GIFs engraçados para alguns casos, ou um tom mais sério, com vocabulário mais formal e oficial para outros.

Os chatbots também podem dar recomendações com base em pequenas pesquisas. Certifique-se de ter criado a pesquisa com base em seus segmentos de clientes e suas necessidades para que possam encontrar o produto perfeito.

Ainda levando em consideração o exemplo do site de artigos esportivos, vamos mostrar para você um exemplo de fluxo de chatbot, criado com a plataforma da SendPulse, que busca entender os interesses dos clientes.

a-sendpulse-te-ajuda-a-fazer-sua-segmentação-de-publico
Fluxo de chatbot da SendPulse para segmentação dos clientes

Com o chatbot da SendPulse, você consegue configurar respostas automáticas e criar funis de vendas no Instagram, Facebook, Telegram e WhatsApp. Por meio dessa ferramenta visual e intuitiva, é possível automatizar e personalizar a comunicação com os seus clientes. Além disso, você pode criar fluxos específicos para seus diferentes segmentos. Experimente, é simples e rápido!

Segmente suas ações com a SendPulse e alavanque suas vendas

Aqui você aprendeu que a segmentação de público é uma estratégia de marketing poderosa que permite que as empresas fiquem à frente da concorrência na era da personalização, construam melhores relacionamentos com os clientes e aumentem a receita.

Agora você já pode colocar em prática ações para segmentar os clientes da sua empresa com base em dados demográficos, geográficos, de personalidade ou comportamentais. Lembre-se sempre de levar em consideração as necessidades dos consumidores, enviando apenas recomendações e conteúdos relevantes para cada grupo.

Conte com a SendPulse para ajudar você a criar chatbots automatizados segmentados para cada grupo do seu grande público! Personalize seu atendimento, criando uma relação poderosa com os seus clientes.

Data da publicação:

22 dez. 2023

Fernando Santos

Copywriter e jornalista apaixonado por comunicação

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading...
Classificação média: 5/5
Votos totais: 5
Compartilhar:
Twitter