Chatbot   Marketing e vendas   Ferramentas úteis para profissionais de m

Saiba tudo sobre os chatbots!

Leitura de 3 min

Saiba tudo sobre os chatbots!

O chatbot é um software que simula conversas humanas. Ele surgiu em 1966, quando o cientista e pesquisador do MIT (Instituto de Pesquisa de Massachusetts), Joseph Weizenbaum, criou o software Eliza. Ela, infelizmente, não passou no Teste de Turing, exame inventado por Alan Turing que tinha como proposta avaliar se o bot conseguia se passar por um humano. Contudo, foi o pontapé inicial para essa inovação tecnológica que tanto tem ajudado as empresas.

Afinal, hoje em dia é difícil achar alguma organização que não faça seu uso. Se inicialmente eles apenas realizavam processos repetitivos, como responder a dúvidas frequentes, agora eles fecham vendas e são utilizados em estratégias de marketing. Saiba mais sobre os robôs queridinhos do momento!

 

Como funcionam os chatbots

Os chatbots são usados, principalmente, para melhorar o atendimento ao público. Eles são uma forma de automatizar sua comunicação, visando melhorá-la. Afinal, é através de um bom atendimento que a maioria dos consumidores são conquistados. Por isso, cada vez mais empresas estão fazendo seu uso. 

O primeiro passo é construir, programar e personalizar seu bot através de uma plataforma especializada. É preciso planejar qual será a estratégia em que ele será usado e pensar na sua estrutura. A partir disso, a empresa deve configurar seu fluxo de mensagens e funcionalidades. Depois, ela deve fornecer ao chatbot uma base de dados que ele usará para formular suas respostas.

Além disso, a companhia deve integrá-lo a uma inteligência artificial, que será fundamental para sua personalização e que reflete diretamente no atendimento ao cliente. Ela se baseia, sobretudo, no Processamento da Linguagem Natural (PNL). Assim, o bot conseguirá compreender de maneira mais profunda as respostas humanas, considerando o contexto e os sentimentos presentes nelas. Por fim, a organização deve escolher em quais canais de atendimento eles serão usados e integrá-los aos seus sistemas.

Os chatbots podem realizar as seguintes funções: respostas a dúvidas frequentes, atendimentos simples, fechamento de vendas, coleta de informações, identificação de estágio do funil, envio de pesquisas de satisfação aos clientes e fornecimento de estatísticas detalhadas. Todos esses serviços não só ajudam as empresas, como melhoram a experiência do cliente.

Vantagens dos chatbots 

         1) Disponibilidade integral

Os chatbots não tem folga, final de semana, feriados ou férias, eles estão disponíveis 24 horas por dia, 7 dias por semana. Isso é bom tanto para solucionar os problemas dos clientes, como para fechar vendas fora do horário comercial. 

      2) Redução de recursos e otimização de tempo

Em vez de precisar contratar novos funcionários, para realizar tarefas simples, a empresa pode usar os chatbots. Assim, os colaboradores ficam livres para focar seu tempo e energia em demandas mais complexas, entrando em ação apenas quando o atendimento está mais avançado. 

   3) Coleta de dados e personalização de atendimentos 

Os bots conseguem recolher dados, enviar pesquisas pós-vendas e fornecer estatísticas que são essenciais para que a empresa saiba mais sobre a sua persona. Assim, quanto mais a companhia conhece seu público, mais ela pode personalizar o seu atendimento.

    4) Ajuda na Jornada do Encantamento

A jornada do encantamento são estratégias focadas na fidelização dos clientes. Com o atendimento personalizado e rápido, os chatbots encantam os consumidores, que não gostam de esperar e querem se sentir especiais. 

    5) Reforça a identidade da empresa

Quando um chatbot é bem personalizado, ele é automaticamente associado com a sua marca. Um bom caminho para fazer isso acontecer, é dar um nome criativo a ele, criar um avatar e apostar em uma linguagem própria.

Case de Sucesso 

O maior exemplo de sucesso dos chatbots é a Lu, inteligência artificial da rede de varejo Magazine Luiza. Criada para gerar mais agilidade aos atendimentos e suporte no pós-venda, ela realiza funções como envio de segunda via de boletos e nota fiscal e rastreamento de encomendas.

A Lu surgiu em 2003, com outro nome: Tia Luiza. Mas sua popularização ocorreu anos depois, quando foi humanizada, ganhando um avatar e tomando a frente das redes sociais da marca. Hoje em dia, ela tem seu próprio portal e estrela as campanhas da empresa. 

A chave para seu sucesso foi a personalização, através de seu visual, tom de voz, linguagem e até posicionamentos nas redes sociais, como quando mostrou torcida pelo Brasil na Copa do Mundo e se pronunciou sobre os assédios que estava sofrendo. Tudo isso gera uma grande empatia no público, que sente que pode se identificar com o bot.

E aí, agora você quer um robô para chamar de seu? A SendPulse, plataforma de automação de marketing, oferece chatbots personalizados para redes sociais como Facebook, Instagram, Whatsapp e Telegram. Além disso, se ainda ficou alguma dúvida sobre os bots, venha conferir o webinar que ela realizou sobre o tema. 

 

Posts por categoria

×
15 cenários de chatbots pré-projetados para vários negócios

Obtenha 15 cenários bem testados sobre como usar chatbots em diferentes nichos. Esse guia te ajudará a introduzir a ferramenta no seu negócio sem esforço.