8 otimizações para o aumento da taxa de abertura no e-mail marketing

e-mail marketingopen rateTaxa de Abertura

Você quer promover o aumento da taxa de abertura no e-mail marketing? Suas campanhas de e-mail só podem ser eficazes desde que sejam realmente abertas. Se as suas taxas de abertura são mais baixas do que você gostaria, aqui estão 10 maneiras fáceis de melhorá-las…

1. Mantenha sua lista fresca

Seus inscritos ainda querem saber de você?

Você provavelmente já ouviu o conselho de que é importante enviar e-mails aos seus assinantes de forma consistente para que sua lista não fique obsoleta.

Mas, mesmo assim, com o tempo, os assinantes de e-mail ainda podem ficar obsoletos. Algumas pessoas podem ter alterado as contas de e-mail ou talvez elas não estejam mais interessadas em sua marca.

Portanto, para manter sua lista atualizada e repleta de inscritos engajados, convém remover periodicamente os inscritos inativos.

Um assinante inativo pode ser qualquer pessoa que não tenha se envolvido com nenhum email nos últimos 6 meses ou mais.

Mas antes de se livrar deles, tente enviar um e-mail de último esforço para tentar envolver novamente seus assinantes inativos. Por exemplo, você envia um e-mail de última hora que diz “Eu te aborreci?” E pergunta se eles ainda querem ficar inscritos. O resultado pode ser melhor que você esperava!

Você também pode usar linhas de assunto descontraídas como: “O amor foi embora?” , “Não é você, sou eu” ou, se você estiver se sentindo realmente corajoso, pode escrever: “Você me odeia?”.

Outra maneira de manter sua lista atualizada é fazer o check-in com seus assinantes de vez em quando para perguntar se eles gostariam de atualizar suas informações e suas preferências. Dessa forma, eles são lembrados de que podem assumir o controle de como querem se envolver com você.

Se você está tentando reviver uma lista fria, tente conduzir uma pesquisa. Em troca de responder às suas perguntas, eles recebem um presente gratuito (como um cartão-presente de US $ 5, por exemplo).

Isso mata dois coelhos com uma só cajadada: incentiva a se envolverem com você, ao mesmo tempo em que fornece as informações de que você precisa para continuar se relacionando.

2. Segmente sua lista

Quando as pessoas decidem se querem ou não abrir um email, um dos fatores mais importantes é se elas acham ou não o email relevante para elas .

A melhor maneira de aumentar a relevância de seus e-mails? Ao segmentar sua lista de e-mail .

Uma pesquisa descobriu que 39% dos profissionais de marketing que segmentaram suas listas de e-mail experimentaram taxas de abertura mais altas, 28% tiveram taxas mais baixas de cancelamento de assinaturas e 24% tiveram melhor capacidade de entrega e maior receita:

Você pode começar adicionando tags aos seus assinantes com base no comportamento, como o comportamento de compra. Então, quando alguém se torna um cliente pagante, você envia e-mails personalizados para essa etapa. É possível até mesmo enviar e-mails diferentes com base nos produtos específicos que eles compraram.

Você também pode segmentar suas listas com base em informações demográficas (como localização) ou interesses. Como eles entraram na sua lista de e-mail?

Se eles baixaram um dos seus formulários opt-in em um determinado tópico, crie um segmento dessas pessoas para que você possa enviar mais e-mails sobre esse tópico específico.

Depois de ter esses segmentos, é muito mais fácil saber quais linhas de assunto e mensagens escrever que os motivarão a abrir e interagir com suas campanhas de marketing por e-mail.

Atenção! Certifique-se de obter seus assinantes de e-mail de maneira orgânica – nunca confie em listas pagas ou a relevância de suas campanhas cairá e você pode até perder o acesso às plataformas de envio.

3. Evite cair em filtros de spam

Os filtros de spam ficaram mais sofisticados nos últimos anos e seus e-mails – até mesmo os melhores – ainda podem ser classificados como inconvenientes e tirar a credibilidade da sua empresa.

Se você quiser maximizar o alcance de suas campanhas de marketing por e-mail, precisará fazer todo o possível para evitar ser sinalizado como spam.

Aqui estão algumas práticas recomendadas para evitar que seus e-mails caiam em pastas de spam:

  • Certifique-se de que todos os destinatários tenham optado por receber seus e-mails.
  • Envie sua campanha a partir de um bom endereço IP; ou seja, um endereço IP que não tenha sido usado por outra pessoa que enviou spam no passado.
  • Enviar através de domínios verificados.
  • Mantenha qualquer código limpo.
  • Use as tags de mesclagem para personalizar o campo “Para:” da sua campanha.
  • Mostre aos inscritos como colocar seus e-mails na lista de permissões e peça que eles adicionem você ao catálogo de endereços deles.
  • Evite o uso excessivo de linguagem “vendável” ( palavras-chave como “comprar”, “liberação”, “desconto” ou “dinheiro”).
  • Inclua sua localização.
  • Inclua uma maneira fácil de os assinantes optarem por não receber seus e-mails.

4. Aperfeiçoe seu tempo

O tempo pode ter um grande efeito sobre se os seus assinantes abrem ou não seus e-mails, então pense com cuidado sobre a hora e o dia em que você envia seus e-mails.

Você não conseguirá descobrir o momento perfeito imediatamente, mas realizará alguns testes A / B para identificar quais períodos de tempo parecem ter melhor desempenho e explorá-los em campanhas futuras.

No geral, a hora ideal para enviar e-mails é por volta das 10h no fuso horário dos destinatários. Com SendPulse você pode utilizar a tecnologia de inteligência artificial para calcular depois da observação do comportamento de seus clientes qual o melhor momento para o envio dos e-mails.

Algumas questões têm influência na hora de decidir quando enviar suas mensagens: tipo de conteúdo, localização, idade e ocupação do destinatário.

E, logicamente, isso faz sentido: todos esses fatores afetam a hora em que eles provavelmente verificarão seus e-mails, bem como o tipo de e-mails que desejam verificar a qualquer momento. (Por exemplo, o conteúdo relacionado ao hobby pode ser verificado antes, antes do trabalho, enquanto o conteúdo relacionado ao trabalho tem maior probabilidade de ser verificado durante o horário comercial.)

Vamos lá: imagine um dia na vida do seu público em particular. O que eles estão fazendo de manhã, tarde e noite? Como é o dia de trabalho deles? Até que horas eles ficam acordados à noite? Quão cedo eles se levantam pela manhã?

Todas essas perguntas ajudarão você a decidir qual é a melhor hora para enviar seus e-mails.

5. Faça sua linha de assunto se destacar

Quando se trata de taxas de abertura de e-mail, suas linhas de assunto são tudo . Seu trabalho é fazer com que suas linhas de assunto se destaquem.

As empresas têm usado o marketing por e-mail há anos, muitas vezes copiando as mesmas fórmulas de linha de assunto. Como resultado, essas linhas de assunto comuns geralmente são filtradas como ruído branco. Para fugir da competição, você terá que ser mais criativo com suas linhas de assunto.

Aqui estão algumas dicas para criar linhas de assunto criativas:

  • Atraia a curiosidade , mas não seja inteligente demais. Você quer torná-los curiosos o suficiente para abrir, mas sem ser tão enigmático que o assinante não tem a menor idéia do que você está falando.
  • Inserir números Há algo sobre números que chama a atenção.
  • Use um tom divertido, brincalhão ou de conversação.
  • Fale na linguagem e no estilo que seus assinantes usam, especialmente quando conversam com seus amigos.

Para alguns ótimos exemplos de linha de assunto, escrevemos um post inteiro sobre as melhores linhas de assunto de e-mail de conversão .

6. Escreva para apenas uma pessoa

Quando você redige a linha de assunto e o conteúdo da mensagem, é natural pensar nas milhares de pessoas que estão prestes a recebê-lo.

No entanto, é muito mais eficaz escrever como se estivesse falando com uma pessoa individual, com uma linha de assunto pessoal e uma mensagem personalizada.

Para escrever dessa maneira, você realmente precisa conhecer sua persona de comprador . Você precisa entender seus problemas, seus desejos, seus valores, seus gostos e seus desgostos.

Se você está tendo problemas com isso, envie um e-mail solicitando um rápido bate-papo de cinco minutos. Na chamada, você pode fazer perguntas que ajudarão você a entender o que seus inscritos precisam e como eles pensam.

Passar um dia ou dois conversando com seus inscritos será um tempo bem gasto, pois ajudará você imensamente: não apenas com suas mensagens, mas também com a criação ou aprimoramento de seus produtos e serviços.

7. Promova um conteúdo incrível

Quando um usuário abre seu e-mail, você essencialmente ganhou a batalha, certo? Então, por que o conteúdo real do seu e-mail é importante para a taxa de abertura?

O conteúdo dentro do seu e-mail é realmente muito importante para as taxas de abertura porque, se os seus inscritos estiverem satisfeitos com seu conteúdo, eles provavelmente abrirão seus e-mails no futuro. Por outro lado, se um assinante estiver insatisfeito com o que recebeu em seu e-mail, ele provavelmente não abrirá seus e-mails novamente e poderá até cancelar a inscrição.

Então, como você se certifica de que seus assinantes estão satisfeitos com seu conteúdo de e-mail? Simples: torne isso incrível. Crie links para recursos incrivelmente valiosos, como um e-book gratuito, para aquele post que bombou no seu blog ou para um webinar.

A chave é ter certeza de que você não está enviando e-mails apenas por enviar, mas para entregar algum valor real. Quanto maior o valor de cada e-mail que você escreve, mais fiéis serão seus assinantes e suas taxas de abertura aumentarão.

8. Injetar algum humor

O humor tem uma maneira de estabelecer uma conexão forte e instantânea com as pessoas. É pessoal, divertido e se destaca na mente das pessoas.

Para isso é preciso criatividade! Nem sempre é fácil ser inteligente ou bem-humorado e tentar encaixar sua tentativa nas restrições estreitas de uma linha de assunto de e-mail? Isso pode ser bastante complicado.

Felizmente, você não precisa ser um comediante para conseguir um e-mail engraçado. O mais importante é que você entende seus destinatários de e-mail intimamente . Se você sabe que gosta e não gosta, será muito mais fácil fazer uma piada ou inserir uma referência irônica.

Lembre-se dos e-mails de última hora que sugerimos em # 1? Aqui está um exemplo engraçado:

Ei [primeiro nome]

Eu tentei entrar em contato com você sobre [proposição de valor] e não ouvi de volta. Deixe-me saber se:

  • Você está tudo pronto e eu deveria parar de incomodar você.
  • Você está interessado, mas ainda não respondeu.
  • Eu deveria seguir em três meses.
  • Você está sendo perseguido por um hipopótamo e precisa que eu chame o controle de animais.

Dica bônus: NÃO ESQUEÇA OS DISPOSITIVOS MÓVEIS!

De acordo com o eMailmonday , dispositivos móveis são responsáveis por 15 a 70% de todos os e-mails abertos (dependendo do seu público-alvo, produto e tipo de e-mail). E, de acordo com a BlueHornet, 67,2% dos consumidores usam um smartphone para verificar seus e-mails. Isso significa que não se pode ignorar os usuários de dispositivos móveis – você precisa considerar a experiência deles.

A dica óbvia aqui é garantir que seu e-mail seja compatível ao mobile (com formatação responsiva e mídia carregável), mas também considere o fato de que as telas de dispositivos móveis são menores, portanto as linhas de assunto precisam estar adaptadas aos dispositivos móveis.

Além de manter suas linhas de assunto concisas, veja mais algumas dicas para atrair usuários de dispositivos móveis:

  • Mantenha a formatação simples (coluna única), com menos de 600 pixels de largura.
  • Use uma fonte maior – fontes pequenas são difíceis de ler no celular.
  • Não presuma que as imagens estão sendo exibidas (o Android desativa as imagens por padrão). Certifique-se que parece bom sem eles.
  • Use imagens menores para reduzir o tempo de carregamento.
  • Use um grande botão de call-to-action – botões maiores são mais fáceis de tocar com o polegar.
  • Não coloque dois links próximos ou um em cima do outro. Dessa forma, o usuário não clicará errado por acidente.

Essas dicas podem ajudar qualquer campanha no aumento da taxa de abertura no e-mail marketing, mas não desanime se você não vir uma reviravolta imediatamente. Dê alguma margem de tempo para experimentar e descobrir quais táticas funcionam melhor para sua empresa e seus assinantes.

Você está feliz com suas taxas de abertura de e-mail? Quais técnicas você testou para tentar melhorá-las? Conta pra gente nos comentários.

Aproveite para acompanhar o nosso blog e conheça mais dicas para bombar suas campanhas de e-mail marketing.

[Total: 0   Average: 0/5]

15000 e-mails gratuitos todos os meses.